O Outro Lado da Muralha: Festival da Primavera, O Maior do País - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

O Outro Lado da Muralha: Festival da Primavera, O Maior do País

Compartilhe







14 anos após sediar a Olimpíada de Verão, Beijing será responsável por receber a 24ª edição dos Jogos Olímpicos de Inverno. O que é histórico, já que a capital chinesa será a primeira cidade do mundo a receber as duas competições.

Dando continuidade à apresentação do território chinês, responsável por sediar os Jogos Olímpicos de Inverno em 2022, o assunto a ser retratado neste mês de Maio será O Festival da Primavera. Que no atual ano foi comemorado no dia 12 de Fevereiro mas que não tem uma data específica para todas as edições, como estamos acostumados a ver com o calendário ocidental.

A celebração, também conhecida como Ano Novo Lunar, é seguida na China, logicamente, mas também em outros territórios da região. O calendário utilizado na localidade é lunissolar, significando que leva em conta principalmente os movimentos do sol e da lua. De acordo com essa visão, os doze meses possuem 354 dias. As datas restantes para completar o ciclo solar são adicionadas a um mês extra, o 13º lunar.


O Ano Novo Chinês começa na noite da lua nova mais próxima do dia em que o sol passa pelo décimo quinto grau de Aquário, por isso não tendo uma data exata todos os anos. Em 2020, por exemplo, a celebração aconteceu em 25 de Janeiro. Em 2022, ano em que a capital do país sediará os Jogos Olímpicos de Inverno, a data festiva acontecerá exatamente no primeiro dia do mês de Fevereiro.



São 12 também os animais que representam os signos do zodíaco chinês. Segundo a lenda, as espécies escolhidas são aqueles que atenderam a um chamado especial do Buda (Siddartha Gautama). Como somente essa dúzia de animais se fez presente no encontro com O Iluminado, Buda optou por homenageá-los, classificando esses como os símbolos da astrologia chinesa.

Os animais que fizeram parte da reunião com Buda e estão representados no zodíaco chinês são: rato, boi (responsável por representar o atual ano de 2021), tigre, lebre, dragão, serpente, cavalo, carneiro, macaco, galo, cachorro e porco. Para 2022, ano dos Jogos Olímpicos de Inverno, o calendário chinês terá a representação do tigre, que tem como características principais a competitividade, a coragem e também a virilidade.

A celebração do ano novo é grande em todos os cantos da China. Lá, fogos de artifício também são lançados aos céus. Outra coisa em comum com a comemoração ocidental é a troca de presentes. Os chineses costumam decorar suas habitações com lanternas e imagens que tenham no vermelho a sua cor principal. O tom representa felicidade e prosperidade e é o mais popular em todo o país.



Aliás, o deslocamento de pessoas que transitam para diferentes províncias e cidades nessa época do ano é considerado o maior do mundo. Localmente, por volta de meio bilhão de chineses viajam dentro do território. Mas o número é maior, já que os orientais residentes em outros países também aproveitam a data para passar as celebrações com os parentes e fazem o deslocamento de outros países para a China.

Como dá para se imaginar, a família unida para a refeição também é algo fundamental para a celebração. Na mesa, os pratos mais tradicionais para a data incluem peixes, bolo de arroz e também comidas locais como o Jiaozi. Todos os alimentos tem um significado especial, remetendo principalmente a saúde, fortuna e boa sorte para o novo ano. O Festival é um feriado oficial de dez dias dentro do país mas as celebrações chegam a durar até três semanas.


Fotos: China Daily (1) e Agência Xinhua (2 e 3)


Nenhum comentário:

Postar um comentário