Luísa Baptista se poupa e não completa a prova em seu retorno a Copa do Mundo de triatlo; Djenyfer Arnold é 15ª - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Luísa Baptista se poupa e não completa a prova em seu retorno a Copa do Mundo de triatlo; Djenyfer Arnold é 15ª

Compartilhe

 


Após oito meses sem competir, a brasileira Luísa Baptista decidiu se poupar e não completou a etapa do México da Copa do Mundo de triatlo. A prova realizada neste sábado (12) em Huatulco, foi a primeira dela após ter confirmada a presença nos Jogos Olímpicos. A outra brasileira na prova, Djenyfer Arnold chegou a liderar a prova, mas chegou na 15ª posição. A vitória ficou com a dinamarquesa Alberte Kjaer Pedersen.


Já classificada, Luísa usou a competição para pegar ritmo e concentrar ainda mais no seu objetivo, que é estar entre as dez melhores em Tóquio. Esta etapa contou com oito atletas já garantidas nos Jogos. Djenyfer buscava melhorar a 28ª colocação em Lisboa, quando foi prejudicada por um pneu furado no momento em que brigava pelo top-15.


Na natação, Djenyfer se manteve na frente e fez a transição para a bicicleta na sétima colocação, enquanto Luísa virou em 31ª. O clima estava ameno com 26º de temperatura e 80% de umidade. Uma chuva caiu horas antes da prova, o que gerou um obstáculo a mais para as atletas no ciclismo e na corrida com o piso molhado.


Na primeira volta, Arnold conseguiu ficar no pelotão das líderes, enquanto Baptista puxava sozinha o pelotão intermediário. Nas duas voltas seguintes, a atleta do Pinheiros figurou no top-5 e chegou a liderar, porém caiu de ritmo na última passagem e fechou o ciclismo na 16ª colocação.


Luísa se recuperou e terminou as quatro voltas na bicicleta em 22ª, porém resolveu se poupar e desistiu da prova. A atleta iria competir no pré-olímpico do revezamento misto em Lisboa, porém não participou após sofrer um acidente de bicicleta na véspera, levando pontos na perna.


Djenyfer ainda conseguiu recuperar uma posição e completou a prova na 15ª posição em 01:02:08. Pedersen ficou com ouro completando o percurso em 01:00:23, a prata ficou com a norte-americana Kristen Kasper, que ultrapassou a austríaca Lisa Perterer, medalha de bronze, nos metros finais.

 


O Brasil ainda tem uma vaga olímpica para confirmar no triatlo e ela deve vir com Manoel Messias na prova masculina da etapa mexicana, neste domingo a partir das 10h com transmissão do Canal Olímpico do Brasil.


Foto em destaque: ITU (União Internacional de Triatlo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário