Kelvin Hoefler, Giovanni Vianna e Felipe Gustavo se classificam para as Olimpíadas - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Kelvin Hoefler, Giovanni Vianna e Felipe Gustavo se classificam para as Olimpíadas

Compartilhe

 


Os skatistas Kelvin Hoefler, Giovanni Vianna e Felipe Gustavo, o Buchecha, conquistaram neste sábado (5), o direito de participarem dos Jogos de Tóquio, na estreia do skate em Olimpíadas. As vagas vieram após a semifinal do Mundial de Roma, no qual Kelvin foi o terceiro e se classificou para a final, que acontece às 09h45 da manhã deste domingo na capital italiana. Mesmo eliminados, Giovanni e Felipe se garantiram matematicamente pelo ranking mundial.


Com isso, a Confederação Brasileira de Skate (CBSk) atingiu o objetivo de preencher todas as 12 vagas possíveis. As seis vagas do park foram conquistadas durante o Dew Tour em maio, já as três do street feminino foram confirmadas nesta sexta, durante a semifinal. Com os dois resultados, a seleção brasileira tem chance de sair da Itália com quatro medalhas.

 


Kelvin, que estreou diretamente na semi por ser o quinto colocado do ranking, passou com a terceira melhor nota, somando 32,11 pontos, com 7,51 e 7,40 na fase das voltas. Na etapa das tricks, ele levantou o público presente no Foro Itálico ao começar a descer o corrimão com a frente e durante o ato girar e completar a manobra com a parte de trás da prancha. Com esta manobra, o brasileiro marcou 9,00; sua outra manobra no somatório foi um 8,40


O paulista de 27 anos já foi duas vezes campeão dos X Games, conhecida como as Olimpíadas dos esportes radicais e conquistou o campeonato mundial da modalidade em 2015. Título o qual ele terá a chance de buscar o bi neste domingo. Na frente dele, ficaram Nyjah Houston (USA) com 35,86 e Horigome Yuto (JPN) com 33,46.


Giovanni, o 'ruivo de Santo André', terminou a semifinal em 18º com 22,86 pontos, feitos nas suas duas voltas, quando marcou 5,10 e 3,88 e fazendo 6,84 e 7,04 nos tricks. Felipe, o Buchecha, natural de Brasília, carimbou o passaporte ao marcar 22,17 e ficar na 19ª posição, marcando 4,04 e 3,83 na primeira parte e somando 7,10 e 7,20 na segunda. Ambos descartaram as três quedas sofridas na fase das manobras. 


Segundo melhor brasileiro na semifinal, Gabryel Aguilar foi o 16º ao fazer 24,55, marcando 5,06 na primeira volta e somando 5,05, 7,04 e 7,40 na fase dos tricks. Carlos Ribeiro, que estava entre os atletas olímpicos antes do Dew Tour, não teve uma boa performance, zerando nas cinco tentativas das manobras e foi o 28º com 10,88. Mais atrás, ficou Ivan Monteiro, ocupando a 30ª posição com apenas 7,26.


Também disputarão a final os norte-americanos Jagger Eaton e Jake Ilardi, os canadenses Micky Papa e Matt Berger, completando os oito finalistas com o japonês Shirai Sora. As finais do Mundial acontecem amanhã a partir das 07h45 com a disputa feminina, a disputa masculina está prevista para às 09h45. O evento tem transmissão da World Skate TV e da Red Bull TV.


Foto em destaque: Júlio Detefon


Nenhum comentário:

Postar um comentário