Jon Rahm vence o US Open de golfe e assume a liderança do ranking mundial - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Jon Rahm vence o US Open de golfe e assume a liderança do ranking mundial

Compartilhe

O golfe masculino tem um novo campeão de Major. Jon Rahm venceu neste domingo (20), o US Open 2021, seu primeiro título deste nível, na carreira. De quebra, uma combinação de resultados garantiu ao espanhol o seu retorno à liderança do ranking mundial da modalidade, ultrapassando o estadunidense Dustin Johnson. 

Rahm dependia de um resultado ruim de Johnson no US Open. Caso vencesse o torneio, como de fato aconteceu, ele ainda precisaria que seu adversário ficasse abaixo dos 18º melhores do torneio. Como o estadunidense ficou empatado em 19º, o espanhol tomou a liderança do ranking mundial. 


De quebra, Rahm tornou-se o quarto golfista espanhol campeão de Major, entrando numa lista com lendas deste esporte, como Seve Ballesteros, Jose-Maria Olazabal e Sergio Garcia, até então, o último golfista da Espanha a ter vencido um torneio deste nível, ao faturar o troféu do Masters 2017. 

Agora a Espanha empata com o território britânico Bailiado de Jersey, chegando na sexta posição entre os países com mais títulos de Major no golfe masculino (nove ao todo). São cinco títulos de Masters, três do The Open e agora, um no US Open, faltando apenas a conquista do PGA Championship. 

O dia ainda foi marcado por mais emoção para Rahm, já que sua esposa, Kelley Cahill e seu filho, Kepa Cahill, de apenas três meses, estavam presentes no Torrey Pines Golf Course, sede do evento. Além disso, neste domingo foi comemorado o dia dos pais nos Estados Unidos, deixando o dia ainda mais especial para o espanhol, campeão de um Major pela primeira vez, em seu primeiro dia dos pais. 


O jogo 

Com muitas variações no jogo, o título do US Open estava completamente indefinido e com muitos concorrentes mesmo após a disputa dos nove primeiros buracos do campo. Mas ao decorrer da última rodada, os jogadores passavam a cometer erros e sucumbiam diante a dificuldade do campo ou até mesmo em erros pela tensão do momento. 

Nomes como Brooks Koepka, Rory McIlroy e até mesmo o campeão de 2020, Bryson DeChambeau, entraram com chances de lutar pelo título, mas com escolhas e tacadas ruins, deixaram a disputa. A partir do buraco 14, o torneio ficou centralizado entre dois concorrentes: o sul-africano Louis Oosthuizen e o espanhol Jon Rahm

Até o buraco 16, o golfista espanhol aparecia uma tacada atrás de Oosthuizen, ocupando a segunda colocação, após disparar três birdies e cometer um bogey. Mas os birdies feitos nos buracos 17 e 18 colocaram fogo no jogo, aumentando ainda mais a tensão em Torrey Pines. O espanhol naquele momento havia ultrapassado o adversário sul-africano, fechando o dia com 67 jogadas


Oosthuizen ainda tinha quatro buracos para jogar e não suportou a pressão. Chegou ao buraco 16 empatado na primeira colocação, mas sucumbiu no 17, ao cometer um bogey. Assim, o sul-africano precisava de um eagle no último buraco para forçar a disputa de um playoff. Mas ele não atingiu essa meta é acabou fechando o dia com um birdie e 71 tacadas, o que sagrou Rahm como campeão do US Open 2021. 


Confira abaixo os seis melhores golfistas do US Open, neste ano. 

Arte: Lucas Bueno/Surto Olímpico 


Foto: Reprodução/ESPN 

Nenhum comentário:

Postar um comentário