Jennyfer Parinos vence a Seletiva Mundial e garante vaga nos Jogos Paralímpicos de Tóquio - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Jennyfer Parinos vence a Seletiva Mundial e garante vaga nos Jogos Paralímpicos de Tóquio

Compartilhe

A mesa-tenista brasileira Jennyfer Parinos, medalhista paralímpica por equipes nos Jogos Rio-2016, garantiu vaga na Paralimpíada de Tóquio. Neste sábado (5), em Lasko, na Eslovênia, ela venceu a Seletiva Mundial da classe 9 feminina, batendo a ucraniana Iryna Shynkarova na decisão, por 3 a 0 (11/4, 11/6 e 11/1), para se classificar.

Antes da finalíssima, a brasileira disputou a semifinal, um pouco mais cedo neste sábado, e dominou as ações desde o início, impondo seu jogo e forçando os erros da sul-coreana Kum-hea Kim, sexta colocada no ranking mundial da classe 9 feminina. Com isso, conseguiu uma vitória folgada, por 3 a 0 (11/7, 11/3 e 11/7), garantindo a vaga na decisão.

Pela frente, na decisão de uma vaga na Paralimpíada de Tóquio, a ucraniana Iryna Shynkarova, 12ª do ranking. A adversária já havia eliminado, poucas horas antes, a russa Olga Komleva, responsável pelo único revés que a brasileira teve na seletiva, na primeira rodada.

Jennyfer, décima colocada no ranking mundial da classe 9 feminina, entrou na mesa em ritmo alucinante. Vibrando muito a cada ponto, era praticamente perfeita em todos os fundamentos, principalmente nos serviços, vencendo com facilidade a primeira parcial.

A ucraniana dificultou mais as ações da brasileira no segundo set. Mesmo assim, Jennyfer ainda seguia dominando. No terceiro, só deu a brasileira na mesa, com Iryna errando demais. Assim, a brasileira garantiu a vaga de forma incontestável e passou a ser a 11ª mesa-tenista nos Jogos de Tóquio. Ao final, ela chorou bastante com a meta cumprida.

“Estou em êxtase, algo surreal! Comecei a Seletiva perdendo. Mesmos assim, consegui reverter a situação na minha cabeça. Todo o trabalho técnico e mental que fiz no CT Paralímpico foi muito importante para que eu entrasse nestes dois últimos jogos muito preparada. Antes de vir para cá, eu disse que já tinha treinado toda a técnica e eu teria de manter o foco. Consegui manter o foco, a concentração e deu tudo certo. Estou muito, muito feliz!”, disse a campeã da seletiva.

A delegação ainda pode aumentar até o final deste mês, quando a Federação Internacional de Tênis de Mesa (ITTF) deve divulgar os atletas que participarão por convites. Os dez atletas que já estavam classificados são Bruna Alexandre (classe F10), Carlos Carbinatti (M10), Cátia Oliveira (F2), Danielle Rauen (F9), Israel Stroh (M7), Joyce Oliveira (F4), Lethícia Lacerda (F8), Luiz Filipe Manara (M8), Paulo Salmin (M7) e Welder Knaf (M3).

Foto de capa: Divulgação/Lasko 2021

Nenhum comentário:

Postar um comentário