Gustavo Borges, Fofão, Rogério Sampaio e Servílio de Oliveira são indicados ao Hall da fama do COB - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Gustavo Borges, Fofão, Rogério Sampaio e Servílio de Oliveira são indicados ao Hall da fama do COB

Compartilhe


O Comitê Olímpico do Brasil (COB) anunciou nesta sexta (25) os indicados de 2021 para o Hall da fama da entidade. Gustavo Borges (Natação), Fofão (Vôlei), Rogério Sampaio (Judô) e Servílio de Oliveira (Boxe) foram os nomes escolhidos.


Os quatro foram eleitos pela comissão formada por  sete membros da diretoria do COB; um da Comissão de Atletas do COB; quatro do Conselho de Administração do COB; e pelos dois representantes nacionais no Comitê Olímpico Internacional (COI), Andrew Parsons e Bernard Rajzman.


"Estamos muito orgulhosos de acrescentar mais quatro nomes à galeria dos heróis olímpicos brasileiros. Dou meus parabéns a Gustavo Borges, Fofão e ao Servílio, alguns dos maiores nomes de modalidades tradicionais e amadas pelos brasileiros. Os três são grandes exemplos do que é viver os valores olímpicos de respeito, coragem, igualdade, determinação e superação e, merecidamente foram escolhidos nesta quarta turma de homenageados. Sejam bem-vindos ao Hall da Fama do COB”, disse Paulo Wanderley, presidente do COB.


Gustavo Borges é o maior medalhista brasileiro na natação, com duas pratas - 100m nado livre em Barcelona 92 e 200m livre em Atlanta 96 - e  dois bronzes - 100m livre em Atlanta 96 e revezamento 4x100m em Sydney 2000. Já Fofão é a brasileira com mais medalhas olímpicas na história, com o ouro em Pequim 2008 e bronze em Atlanta 96 e Sydney 2000 com a seleção de vôlei feminino.

 

Rogério Sampaio, atual diretor técnico do COB, foi o segundo judoca campeão olímpico na história, ao vencer na categoria meio pesado em Barcelona 1992; Servílio de Oliveira é o primeiro medalhista olímpico do boxe, com um bronze no peso mosca nos jogos da Cidade do México em 1968.


Criado em 2018, o Hall da Fama do COB  tem como lema “celebrar o passado, inspirar o presente e conquistar o futuro”. Além de uma versão digital, a entidade planeja a criação de um museu no Centro de Treinamento no parque aquático Maria Lenk. Ele será aberto à visitação pública e que conterá com um mural onde os moldes das mãos ou pés dos homenageados ficarão disponíveis. 


Confira abaixo todos os nomes já imortalizados no hall da fama do esporte olímpico brasileiro - dividido por esporte:


ATLETISMO

- Vanderlei Cordeiro de Lima 

- João do Pulo 

- Sylvio de Magalhães Padilha 

- Joaquim Cruz

- Adhemar Ferreira da Silva

- Aída dos Santos


BASQUETE

 - 'Magic' Paula

- Hortência

- Wlamir Marques


BOXE

- Servílio de Oliveira


CANOAGEM

- Sebastián Cuattrin


FUTEBOL

- Zagallo


HIPISMO

- Nélson Pessoa


JUDÔ

- Chiaki Ishii

- Aurélio Miguel

- Rogério Sampaio


NATAÇÃO

- Maria Lenk 

- Tetsuo Okamoto

- Gustavo Borges


TIRO ESPORTIVO

- Guilherme Paraense 


VELA

- Torben Grael 

- Reinaldo Conrad


VÔLEI

- Zé Roberto Guimarães

- Bernardinho

- Bernard Rajzman

- Fofão


VOLEI DE PRAIA

-  Jackie e Sandra 



foto: Montagem/COB

Nenhum comentário:

Postar um comentário