Dueto do Brasil termina Pré-Olímpico de Nado Artístico em 12º lugar - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Dueto do Brasil termina Pré-Olímpico de Nado Artístico em 12º lugar

Compartilhe

Laura Micucci e Luísa Borges disputaram a final do Pré-Olímpico Mundial de Nado Artístico neste domingo (13), em Barcelona, na Espanha. As brasileiras terminaram em 12º lugar. Como a competição distribuía oito vagas diretas para os Jogos Olímpicos, o dueto do brasileiro não se classificou para Tóquio 2020. Será a primeira vez desde Atlanta 1996 que o Brasil não vai participar do nado artístico nos Jogos Olímpicos.

Neste domingo, as atletas fizeram apenas a rotina livre, com a classificação final sendo definida somando a rotina técnica do dia anterior. O dueto do Brasil tinha 81.3435 pontos do dia anterior. Na final, Laura e Luísa apresentaram uma boa série ao som de rock. Elas conseguiram 81.0332 pontos, o que não foi suficiente para melhorar a posição das brasileiras na lista de classificação.

O primeiro lugar da competição foi para a dupla da Áustria, formada pelas gêmeas Anna-Maria e Eirini Alexandri. As austríacas tiveram grande evolução este ano, conseguindo dois bronzes no Campeonato Europeu, no último mês, ficando atrás apenas da Rússia e da Ucrânia, países de tradição no nado artístico. As irmãs Alexandri foram as únicas que tiraram mais de 90 pontos em todas as suas apresentações no Pré-Olímpico. Completando o pódio, Belarus ficou em segundo lugar e a França em terceiro.

Os Estados Unidos ficaram a apenas 0.2 pontos de classificar na competição por equipes. Após um susto na preliminar, quando Anita Alvarez desmaiou ao fim da apresentação, a comissão técnica decidiu poupar a atleta na final e  escalou a reserva, Ruby Remati, ao lado de Lindi Schoereder. A dupla terminou em quinto lugar, conseguindo a vaga olímpica.

Com o fim do Pré-Olímpico estão definidos todos os países classificados para os Jogos Olímpicos. Na competição por equipes participam: Japão, Comitê Olímpico Russo, China, Ucrânia, Canadá, Austrália, Egito, Itália, Espanha e Grécia. 

Nos duetos, irão competir os dez países classificados com as equipes, além de África do Sul, Cazaquistão, México, Grã-Bretanha, Áustria, Países Baixos, Belarus, Estados Unidos, França, Israel, Liechtenstein e Colômbia.

Classificação final - duetos:
1. Áustria 182.8053*
2. Belarus 176.6593*
3. França 176.4601*
4. Países Baixos 176.0288*
5. Estados Unidos 174.6085*
6. Israel 171.2290*
7. Grã-Bretanha 170.9562*
8. Liechtenstein 167.6689*
9. Colômbia 166.0149*
10. Alemanha 165.8283
11. Suíça 162.8525
12. Brasil 162.3767

*Classificados para Tóquio 2020. Como Espanha e Itália se classificaram por equipes, a Grã-Bretanha herdou a vaga continental da Europa. Como o país terminou no top-8, a Colômbia, nona colocada, também se classificou.

Foto: Abelardo Mendes Jr/Rededoesporte.gov.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário