Brasil vence mais uma e se garante na fase final da Liga das Nações feminina - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Brasil vence mais uma e se garante na fase final da Liga das Nações feminina

Compartilhe


O Brasil venceu a Coréia do Sul por 3 a 0 (25-18/25-23/25-18) e garantiu classificação para a fase final da Liga das Nações. Em jogo tranquilo, a seleção completou a décima primeira vitória em 13 jogos e chegou a 34 pontos na competição. Matematicamente, é impossível a seleção brasileira ser ultrapassada pelas equipes que vêm brigando pela terceira e quarta colocações, por isso, se garante na semifinal.


Com mais uma excelente atuação da defesa, o Brasil também dominou em todos os outros fundamentos, com destaque, mais uma vez, para o bloqueio, que pontuou 8 vezes. Uma das principais deficiências nos últimos jogos, o saque, também voltou a fazer diferença importante, já que a seleção brasileira marcou 4 aces na partida.


Destaque para a estrela coreana Kim, que marcou 17 pontos e foi a maior pontuadora da partida. Do lado brasileiro, Tandara e Fê Garay marcaram 13 pontos cada, e foram as que mais pontuaram individualmente no time.

Times titulares

O Brasil de José Roberto Guimarães veio para o jogo com Macris, Gabi, Fernanda Garay, Carol Gattaz, Bia, Tandara e Camila Brait. Novamente com desfalque entre as centrais titulares, que mesmo com a volta de Carol Gattaz, ficou sem Carolana, que sentiu um desconforto e foi poupada.

A Coréia do Sul, equipe do treinador Lavarini, começou o jogo com Lee, Yeum Hye, Jeong, a estrela Kim, Han, Park e a líbero Oh.

Como foi o jogo

O Brasil jogou de forma consistente no primeiro set e as duas seleções começaram a partida travando um belíssimo duelo defensivo. Mesmo com sucesso na defesa, as brasileiras conseguiram controlar o jogo e o placar, estando na frente o tempo todo. Na reta final do set, as coreanas esboçaram uma reação, porém, ainda dominando a partida, o Brasil fechou a primeira parcial por 25 a 18 após bonito ataque de Fernanda Garay.


A seleção brasileira começou o segundo set errando bastante, o que facilitou para as adversárias saírem na frente e segurarem uma ligeira vantagem no placar. Porém, nas mãos de belas defesas de Camila Brait e ataques potentes de Tandara e Garay, o Brasil passou à frente em 10 a 9, voltando a ter vantagem no jogo. A partir daí as brasileiras dispararam no placar, diminuíram a quantidade de erros e até possibilitaram algumas trocas de titulares e reservas, com entrada da jovem Ana Cristina e a levantadora Dani Lins


A seleção chegou a abrir 7 pontos de vantagem, mas novamente oscilando no final do set, permitiu que as coreanas empatassem em 21 pontos e passando à frente logo em seguida. Após o susto e mesmo com excelente atuação de Kim, a estrela brasileira falou mais alto e a seleção voltou a liderar o jogo, com grande atuação da ponteira Gabi. Após ataques em velocidade surpreendente, o Brasil voltou a vencer e fechar o segundo set por 25 a 23. Destaque para entrada da central Adenízia, que definiu o final do set com excelentes bloqueios em momento crucial.


História se repetiu no terceiro set. A seleção brasileira saiu na frente e abriu vantagem, mas deixou as adversárias encostarem e até passarem na frente. Na metade do set, as duas seleções seguiam empatadas e trocando pontos. Porém, assim como feito nos sets anteriores, as brasileiras engataram a quinta marcha e abriram boa vantagem, conseguindo fechar o jogo e o set por 25 a 18, repetindo o placar do primeiro set.


Foto: Divulgação/FIVB

Nenhum comentário:

Postar um comentário