Ana Sátila fica em 9º no K1 da Copa do Mundo de canoagem slalom, na Alemanha - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Ana Sátila fica em 9º no K1 da Copa do Mundo de canoagem slalom, na Alemanha

Compartilhe

Depois de superarem as classificatórias, os canoístas olímpicos Ana Sátila e Pedro Gonçalves voltaram a competir neste sábado (19), nas provas decisivas do K1 da Copa do Mundo de canoagem slalom em Markkleeberg, na Alemanha. Ana chegou até a final da disputa feminina, mas terminou na nona colocação após perder uma porta, enquanto Pepê foi eliminado na semifinal entre os homens.


Sátila chegou até a final com uma descida limpa na semi, registrando o tempo de 101.79, a 3,5s da primeira colocada, a alemã Ricarda Funk. O bom desempenho, porém, não foi repetido na final, disputada horas depois: ela perdeu uma porta e tocou em outras três, sendo penalizada com um acréscimo de 56 segundos em seu tempo de descida, e terminou na nona colocação geral, com 162.10.


Já Pepê, dono do melhor resultado da canoagem slalom brasileira em Olimpíadas, não conseguiu avançar à final masculina por muito pouco. Ele fazia uma descida veloz e sem faltas até que encostou na penúltima porta e foi penalizado com dois segundos de acréscimo em seu tempo, totalizando 93.75. Pepê ficou na 14ª colocação, a apenas 0,75s do último classificado à decisão (10º).


A campeã do K1 feminino em Markkleeberg foi a australiana Jessica Fox, que se consolida cada vez mais como uma das candidatas ao ouro olímpico em Tóquio-2020. Ricarda Funk e Elena Apel fizeram uma dobradinha alemã para completar o pódio. Já o K1 masculino foi vencido por Jakub Grigar, da Eslováquia, seguido pelo austríaco Felix Oschmautz e pelo francês Boris Neveu. 


As disputas na segunda etapa da Copa do Mundo de canoagem slalom seguem neste domingo (20), com as semifinais e finais do C1 feminino e masculino e as provas do slalom extreme, modalidade que estreará no programa olímpico de Paris 2024. Ana Sátila e Omira Estácia representarão o Brasil no C1. Pepê e Mathieu Desnos são esperados para o caiaque extreme.


Foto de capa: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário