Medina é eliminado e Ítalo Ferreira enfrenta Filipe Toledo nas quartas da WSL - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Medina é eliminado e Ítalo Ferreira enfrenta Filipe Toledo nas quartas da WSL

Compartilhe

 



A etapa de Margaret River do Circuito Mundial de Surfe (WSL) realizou a fase de 16 masculina nesta quarta-feira (5), contando com mar em boas condições, após dois adiamentos. A eliminatória teve a classificação de John John Florence, Ítalo Ferreira e Filipe Toledo para as quartas, além da eliminação de Gabriel Medina para Seth Moniz, mantendo o tabu do paulista em The Box.


Gabriel Medina começou sua bateria contra o norte-americano Seth Moniz na frente com uma onda com duas fortes rasgadas seguida de uma queda antes da junção, o que lhe rendeu a nota 6,00 dos jurados. 


Pouco depois, Seth virou com duas ondas regulares e o brasileiro tentou responder com um tubo, mas a onda fechou antes que ele conseguisse sair. Além deste contratempo, Medina mostrou dificuldade nas ondas, não completando algumas e chegando até ficar com a prancha presa em uma delas.


Nos últimos momentos, o brasileiro procurou mas não achou uma onda boa para tentar a virada, com o resultado, Medina mantém a sina de nunca ir as semifinais em Margaret River.


Ítalo Ferreira e Caio Ibelli fizeram a primeira das baterias totalmente brasileiras e o potiguar como showman da WSL, iniciou a série com um aéreo, porém recebeu apenas 4,40, já que em The Box, essa manobra nunca foi priorizada pelos juízes por não ser o tipo de onda da praia localizada na costa oeste australiana.


O que não foi problema pra ele, que fez sua melhor nota em uma onda grande com duas fortes e velozes rasgadas, seguidas de uma pancada na junção, enquanto a segunda veio em uma onda parecida mas um pouco menor com duas rasgadas. As duas notas foram 8,17 e 7,67, respectivamente, deixando Caio precisando combinar 15,84 para virar. Ao final, vitória de Ítalo por 15,84 a 10,83.


Já a outra bateria brasileira, a vitória ficou com Filipe Toledo que eliminou Jadson André por 11,83 a 9,47. Com a vitória, Filipinho enfrentará Ítalo nas quartas de final, garantindo pelo menos um brasileiro na semi.


Conhecedor exímio do mar de Margaret River, John John Florence passou por Peterson Crisanto, vencendo por 13,50 a 8,97. O resultado poderia ter sido diferente, mas o brasileiro teve dificuldades para finalizar suas ondas, mesmo em sua melhor nota, onde depois de duas rasgadas fortes se desequilibrou ao fazer a junção e recebeu 5,17. Em manobra parecida, mas em onda um pouco menor, o havaiano recebeu 6,33.


John John que teve 7,17 como sua melhor nota, continua vivo na disputa pelo tricampeonato consecutivo da etapa de Margaret River e enfrentará o norte-americano Griffin Colapinto nas quartas de final.

 

A WSL colocou as quartas de final em Standby e pretende realizá-la ainda nesta madrugada de quinta (6), porém o anúncio só ocorrerá durante a quarta bateria das quartas femininas. A etapa tem transmissão da ESPN 2 e Watch ESPN, além da transmissão oficial no app, site, Facebook e You Tube da liga.


Foto em destaque: Matt Dunbar/WSL


Nenhum comentário:

Postar um comentário