Valdenice Conceição avança à final do C1 200m no Pré-Olímpico de canoagem velocidade - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Valdenice Conceição avança à final do C1 200m no Pré-Olímpico de canoagem velocidade

Compartilhe

Valdenice Conceição em ação no Pré-Olímpico de canoagem velocidade, buscando um lugar nas Olimpíadas de Tóquio


A baiana Valdenice Conceição do Nascimento está perto de garantir mais uma vaga para o Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Fazendo sua estreia no Pré-Olímpico Mundial de canoagem velocidade, em Barnaul, na Rússia, ela ficou em terceiro lugar nas eliminatórias do C1 200m e se classificou para a final da prova, que será disputada nesta sexta-feira (21) e dará uma cota olímpica à vencedora.


Valdenice participou da segunda eliminatória. Ela fez uma prova muito tranquila, liderando desde os primeiros instantes, mas optou por se poupar nos metros finais, já que percebeu que sua classificação à final não corria riscos, e fechou com 53s222. As três primeiras da série se garantiram: a croata Vanesa Tot foi a vencedora, seguida pela jovem cazaque Olga Surmina


A elas, se juntarão a georgiana Mariami Kerdikashvili, a britânica Katie Reid e a tcheca Denise Rahova, que foram as líderes da primeira bateria. Já a colombiana Manuela Gomez Sanchez, a mexicana Stephanie Angie Guzman e a uzbeque Gulbakhor Fayzieva precisaram passar pela semifinal para manter vivo o sonho da vaga olímpica. A final ocorrerá nesta sexta, às 04h24 (hora de Brasília).


Outra brasileira que competiu nesta quinta foi Ana Paula Vergutz. Diferente da compatriota, porém, a paranaense não tem mais chances de ir a Tóquio. Ela foi última colocada em sua série eliminatória no K1 200m, com 47s735, e acabou na sexta colocação na semifinal, com 47s471, sendo eliminada.  Mais tarde, disputou o K1 500m, mas também não passou da semifinal e acabou na quinta posição.


Vale lembrar que o Brasil já tem três vagas garantidas na canoagem velocidade: barcos no C1 1000m, C2 1000m e K1 1000m, obtidas por Isaquias Queiroz, Isaquias e Erlon de Souza e Vagner Souta, respectivamente. Cabe destacar, porém, que a vaga é do país, não do atleta. Assim, a Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa) define quem utilizará a cota.


Foto de capa: Reprodução/YouTube

Nenhum comentário:

Postar um comentário