Federação de Atletismo do Quênia anuncia que somente atletas convidados poderão participar da seletiva Olímpica - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Federação de Atletismo do Quênia anuncia que somente atletas convidados poderão participar da seletiva Olímpica

Compartilhe

Em nota, a Federação Queniana de Atletismo, por meio de seu diretor de competições Paul Mutwii, divulgou que a seletiva da modalidade para Toquio-2020 será disputada somente por atletas convidados pela entidade com base em padrões estabelecidos

A seletiva está marcada para o período de 26 a 27 de junho, no Kipchohe Keino Stadium em Eldoret.

Para participar da seletiva, a Federação estipulou um critério levando em conta as marcas dos atletas. Com poucas competições no calendário, os atletas devem concentrar esforços nas competições da Diamond League, na Continental Gold Tour e na World Athletics Challenge para atingir a marca mínima para ir a seletiva.

Inicialmente, o plano era disputar o Campeonato Africano de Atletismo em Argel, na Argélia, mas a competição inicialmente marcada para 1 a 5 de junho, posteriormente remarcada para 24 a 28 de junho, foi novamente adiada e sem data definida, em decisão comunicada na última quarta-feira (12).

O evento continental seria a última chance para obter a marca Olímpica.

O Ministério da Juventude e Desportos da Argélia, anunciou que, o adiamento está ligado a situação sanitária causada pela pandemia Covid-19 e seguindo” as recomendações” da comissão científica do país e que fez apelo a federação local para adiar a competição.

Ainda não está definido a nova data para realização da competição a ser realizado na Argélia.

Mutwii disse que a seletiva será realizada no dia 26 e 27 de junho, no Kipchoge Keino, em Eldoret, porém resta saber se o local conseguirá receber as competições, pois ainda encontra-se em construção e sem possibilidades de uso.

Até agora, 90 atletas atingiram o índice estipulado pela Federação do Quênia para qualificação Olímpica, incluindo oito maratonistas (quatro homens e quatro mulheres).

“Esperamos que mais atletas atinjam seus respectivos padrões de qualificação Olímpica antes do fechamento da janela de qualificação no final de junho”, disse Mutwii. Que completa dizendo que eles estão determinados a ter todos os qualificados para as Olimpíadas cumpram os requisitos antidoping da World Athletics.

O Quênia, que foi colocado na categoria A de países onde o doping é predominante, deve ter seus atletas passando por três testes fora de competição dentro de 10 meses para as Olimpíadas ou Campeonatos Mundiais de Atletismo.

Foto: Chris Omollo/Nation Media Group 

Nenhum comentário:

Postar um comentário