Epidemiologista pede às autoridades que não permitam a ida da Nova Zelândia a Tóquio - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Epidemiologista pede às autoridades que não permitam a ida da Nova Zelândia a Tóquio

Compartilhe

 




O epidemiologista Michael Baker pediu às autoridades neozelandesas que não deixe o país participar dos Jogos Olímpicos. Segundo ele, trata-se de uma questão moral, já que o evento iria contra todos as restrições de viagens e aglomerações.


Chris Hipkins, ministro da Educação, Serviço Público e responsável pelo combate a Covid-19 no país, respondeu que o Comitê Olímpico da Nova Zelândia (NZOC) já tomou sua decisão, contando com apoio do governo para que a viagem seja a mais segura possível e argumentou que a situação sanitária japonesa é muito melhor do que na Europa e Américas.


Baker também se mostrou contra a ideia de atletas se vacinarem antes, principalmente em países de baixa renda, já que isso significaria passar na frente de vulneráveis.


"Países ricos conseguem garantir alto nível de segurança para seus atletas ,mas os princípios de igualdade, ética e o simbolismo disso são atrozes. Para os atletas dos países de baixa renda competirem, principalmente se eles forem vacinados, isso significará que tiram vacina dos mais vulneráveis”.


Vale lembrar que no acordo feito pelo COI com a China para garantir vacinas para os atletas, foi anunciado que parte das doses serão doadas para os países, para auxiliar na vacinação local, como no caso do Brasil.


Atletas da Nova Zelândia, como a medalhista de prata no Golfe, Lydia Ko, se manifestou a favor da ida da delegação aos Jogos e afirmou que a decisão do COI e das autoridades japonesas foram corretas.


O país da Oceania já iniciou a vacinação de atletas, os colocando como prioridade no plano de imunização. A Nova Zelândia é um dos países que se destacaram no combate a pandemia, sendo um dos poucos em que as restrições são mínimas, inclusive havendo a realização de shows e festivais de música com público de mais de 10 mil pessoas, as medidas em sua maioria são para estrangeiros que entram no país.


Surte+: Atletas serão testados diariamente durante os Jogos Olímpicos de Tóquio


Foto em destaque: NZOC 

Nenhum comentário:

Postar um comentário