Em cerimônia marcada pelas homenagens a Kobe Bryant, Hall da Fama do Basquete coroa classe de 2020 - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Em cerimônia marcada pelas homenagens a Kobe Bryant, Hall da Fama do Basquete coroa classe de 2020

Compartilhe


Foi realizada neste sábado (15) a cerimônia de entrada da classe 2020 do Hall da Fama do basquete estadunidense, realizado na cidade de Springfield (USA). Originalmente marcado para setembro de 2020 e adiado por conta da pandemia, a cerimônia foi marcada por homenagens a Kobe Bryant, um dos membros da classe que faleceu tragicamente em janeiro de 2020 em um acidente de helicóptero e sua filha Gigi, morta no mesmo acidente.


A viúva Vanessa Bryant e sua filha Natália receberam as honrarias em nome de Kobe. Vanessa também foi responsável pelo discurso, feito ao lado de Michael Jordan: "Estou feliz que você apostou em si mesmo. Você fez isso. Você está no Hall da Fama agora. Você é um verdadeiro campeão. Você não é apenas um MVP, você é um dos grandes jogadores de todos os tempos. Estou tão orgulhosa de você. Eu te amo para sempre e sempre, Kobe Bean Bryant" disse Vanessa em seu discurso que emocionou todos os presentes.


Além de Kobe, entraram no Hall da Fama os pivôs Tim Duncan (5x vezes campeão da NBA pelo San Antonio Spurs) e Kevin Garnett (campeão pelo Boston Celtics), técnico bicampeão da NBA pelo Houston Rockets e dos Estados Unidos campeão olímpico em Sydney 200 Rudy Tomjanovich (34 anos seguidos presente na franquia estadunidense como jogador, assistente e técnico), Tamika Catchings (campeã da WNBA em 2012 e tetracampeã olímpica entre 2004 e 2016), Patrick Baumann (executivo da FIBA, incentivador do basquete 3x3 e falecido em 2018 ) e  os treinadores universitários Kim Mulkey, Barbara Stevens e Eddie Sutton.


AP Photo/Kathy Willens

Nenhum comentário:

Postar um comentário