Com a pandemia, COB altera logística para levar atletas com segurança a Tóquio - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Com a pandemia, COB altera logística para levar atletas com segurança a Tóquio

Compartilhe




Nesta terça-feira (4), o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) informou que está enviando em torno de 20 contêineres com materiais essências aos atletas para Tóquio, onde serão disputados os Jogos Olímpicos entre julho e agosto. A ideia é tornar segura a preparação mais complexa de toda a história olímpica do país, em meio à pandemia do coronavírus.


Várias visitas foram feitas ao Japão para a realização de análises nos locais das competições e a níveis de segurança dos atletas, que irão competir a partir de julho. Além dos aparelhos e toda estrutura que os esportistas utilizam, neste ano o COB teve mais um grande investimento, com materiais sanitários, como máscaras, luvas e álcool em gel. Produtos esses que tiveram um aumento em suas quantidades, devido a Covid-19. 


Com a distância entre Brasil e Japão, esses 20 contêineres não chegam de um dia para o outro, mas levam em torno de até 90 dias para atravessar o globo. E essa operação teve início em 2018 com envios saindo do Brasil, Espanha e China. Já no ano seguinte, em 2019 alguns saindo da Nova Zelândia. Com o adiamento ano passado dos Jogos, os equipamentos já estavam preparados.


Toda logística e preparação vem sendo feita para a segurança de toda delegação brasileira. Os primeiros atletas chegarão a Tóquio duas semanas antes do início dos Jogos para se adaptarem as condições do local e também aos treinamentos, já em solo japonês.


Foto: Canal Olímpico do Brasil


Nenhum comentário:

Postar um comentário