Canais Globo/SporTV confirmam equipe de comentaristas para a transmissão dos Jogos Olímpicos de Tóquio - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Canais Globo/SporTV confirmam equipe de comentaristas para a transmissão dos Jogos Olímpicos de Tóquio

Compartilhe

Os canais Globo/SporTV confirmaram nesta segunda-feira (24) os nomes dos comentaristas que participarão das transmissões dos canais durante os Jogos Olímpicos deste ano, que serão realizados em Tóquio.

Em virtude da pandemia da COVID-19, as emissoras mandaram apenas repórteres e alguns apresentadores para o Japão. Os narradores e os comentaristas farão o evento em um estúdio do Rio de Janeiro.

Do vôlei, esporte que levou mais vezes o Brasil ao lugar mais alto do pódio, em oito oportunidades, chegam três bicampeões olímpicos. O ex-líbero Serginho, considerado o melhor jogador de todos os tempos na posição, dono de quatro medalhas olímpicas, duas delas de ouro – em Atenas-2004 e Rio-2016 – e único jogador da história a estar presente em quatro finais de forma consecutiva. 

Além dele, as centrais Fabiana e Thaísa, medalhistas de ouro nas edições de Pequim-2008 e Londres-2012, juntam-se ao time de comentaristas já formado por Fabi, Nalbert, Carlão, Tande e Marco Freitas. Para o vôlei de praia, o reforço é a mato-grossense Talita, dona de diversos títulos mundiais, três participações olímpicas e eleita a “Rainha da Praia” por três vezes. 

Outra novidade ligada ao mundo do vôlei é o técnico Bernardinho, que vai apresentar, ao lado de Marcelo Barreto, no SporTV, o programa “Ohayo Tóquio”, que significa bom dia em japonês e vai abrir diariamente as transmissões do canal.

Ainda nas quadras, no basquete duas mulheres que já deram muitas alegrias ao país voltam a trabalhar juntas 25 anos depois de ajudarem o time feminino a conquistar a medalha de prata em Atlanta-1996. Dona também de um bronze olímpico quatro anos mais tarde, em Sidney, Janeth Arcain reencontra, agora como comentarista, a Rainha Hortência. As duas fazem parte do Hall da Fama do basquete e estavam também na seleção brasileira campeã mundial em 1994. Outro reforço nas análises da modalidade é o do ex-jogador Gustavo de Conti, atualmente técnico do Flamengo, que se junta ao comentarista Marcelinho Machado.

Medalha de prata nos Jogos Rio-2016 e bicampeão mundial no solo, Diego Hypólito vai participar das transmissões de ginástica artística ao lado de Daiane dos Santos. Nos tatames, o reforço é Tiago Camilo, dono de duas medalhas olímpicas – prata em Sidney-2000 e bronze em Pequim-2008 – e um título mundial, conquistado no Rio de Janeiro, em 2007. Ele estará nas transmissões de judô, ao lado dos também medalhistas olímpicos Flávio Canto e Leandro Guilheiro. Ainda nas lutas, Robson Conceição, dono da primeira medalha de ouro da história do boxe brasileiro, comentará as competições ao lado de Acelino “Popó” Freitas e Daniel Fucs.

Para as transmissões de natação, foram convocados o maior medalhista pan-americano da história, Thiago Pereira, dono também da medalha de prata nos 400m medley nos Jogos de Londres-2012, e Joanna Maranhão, que até hoje possui diversos recordes sul-americanos e tem a melhor colocação de uma brasileira em finais olímpicas, o quinto lugar nos 400m medley em Atenas-2004. Nas transmissões, eles se juntam a Gustavo Borges, um dos principais nomes da natação mundial, com quatro medalhas olímpicas e o nome cravado na história do esporte com sua nomeação para o Hall da Fama Internacional da Natação.

Surfe e skate estão entre os esportes que passam a fazer parte do programa olímpico nesta edição dos Jogos. Para comentar as modalidades estreantes e com grandes chances de medalhas para o Brasil, o SporTV convidou Miguel Pupo, integrante da elite do surfe mundial, e o experiente Alejo Muniz. No skate, os comentários serão de uma das lendas do esporte, o multicampeão Bob Burnquist, maior medalhista da história dos X-Games. 

Campeã mundial, pan-americana e dona dos recordes brasileiro e sul-americano no salto com vara, Fabiana Murer participará as transmissões de atletismo desta edição dos Jogos, junto com os ex-velocistas Claudinei Quirino e Edson Luciano, integrantes do revezamento 4x100m que garantiu ao Brasil a medalha de prata nos Jogos de Sidney-2000.

A Globo transmitirá sozinha na tv aberta, enquanto o SporTV, ao lado do BandSports, mostrará os Jogos na tv fechada. O evento terá início no dia 23, mas no dia 21 já começarão as competições.

Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário