Budapeste não será mais cidade-sede das finais da Billie Jean King Cup - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Budapeste não será mais cidade-sede das finais da Billie Jean King Cup

Compartilhe

A Federação Internacional de Tênis (ITF) anunciou que está procurando uma nova cidade-sede para as finais da Billie Jean King Cup (BJK Cup). Isso porque a entidade rescindiu o contrato com a antiga anfitriã do evento, a cidade de Budapeste, na Hungria. 

De acordo com a agência de notícias Reuters, a ITF recebeu uma carta da Associação Húngara de Tênis (HTA) em 22 de abril, dizendo que não era viável sediar o evento em Budapeste, citando razões de segurança devido à pandemia e a preocupação com novas variantes do coronavírus. 

“Temos trabalhado em estreita colaboração com o governo húngaro e a Associação Húngara de Tênis (HTA) para revisar todas as opções viáveis para reagendar as finais deste ano", disse David Haggerty, presidente da ITF. 

“Depois de trabalharmos juntos de boa fé no ano passado, ficamos surpresos e decepcionados ao saber que o HTA não considera mais possível realizar o evento em Budapeste. Dado o momento, a ITF não teve outra opção a não ser encerrar o acordo de hospedagem com a Hungria e explorar uma solução alternativa”. 

Budapeste foi anunciada como cidade-sede do evento em 2019, quando a então Fed Cup passou por uma reformulação, sendo estruturada em formato de Copa do Mundo de tênis, com 12 seleções disputando o título em torneio com duração de uma semana. 

A competição foi rebatizada em 2020, recebendo o nome de Billie Jean King, vencedora de 12 títulos de Grand Slam e integrante da primeira equipe campeã da Fed Cup, em 1963. 

França, Rússia, Hungria, Austrália, Bielo-Rússia, Bélgica, Estados Unidos, Espanha, Eslováquia, República Tcheca, Alemanha e Suíça estão classificadas para o torneio, que deverá ocorrer no final deste ano.

Foto: Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário