WSL de Newcastle, dia 2: Mineirinho avança na repescagem; Jadson André e Tatiana Weston-Webb são eliminados - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

WSL de Newcastle, dia 2: Mineirinho avança na repescagem; Jadson André e Tatiana Weston-Webb são eliminados

Compartilhe



Após quatro dias sem ondas, a etapa de Newcastle do Circuito Mundial de Surfe (WSL) voltou na noite desta segunda-feira (05), manhã de terça na Austrália. Com o mar desta vez colaborando com a organização e trazendo boas ondas, foi realizada a fase de repescagem do evento masculino, que reúne os últimos colocados das baterias do seeding round, dando a eles uma nova oportunidade na competição. Pelo torneio feminino, também foram realizadas as oitavas de final. Entre os surfistas brasileiros, Mineirinho avançou, enquanto Jadson André e Tatiana Weston-Webb foram eliminados.


Adriano de Souza, o "Mineirinho" participou da primeira bateria, com os australianos Owen Wright e Matt Banting como adversários. Foi uma prova tranquila para o brasileiro, que pegou apenas quatro ondas e teve duas consideradas ótimas manobras pelos juízes, com 6,33 e 7,33, respectivamente. Ele ficou na segunda colocação por 0,11, atrás de Wright, enquanto Banting só teve uma manobra bem avaliada pelos juízes, ficando com 4,83 e 6,17 de pontuação.


Jadson André participou da última bateria, enfrentando o norte-americano Conner Coffin, e o italiano Leonardo Fioravanti. Ele não conseguiu fazer manobras que agradassem os juízes, sendo eliminado com 4,67 e 4,73 (9,60 somados) e se despedindo da competição na 33ª colocação. A prova foi vencida por Fioravanti, que teve um 9,00 em sua terceira tentativa, enquanto Conner acabou com 5,33 e 7,00 de pontuação.


Entre as mulheres, Tatiana Weston Webb teve dificuldade para achar ondas nas oitavas de final. Por outro lado, sua adversária, a australiana Isabela Nichols, encaixou duas boas manobras em seis tentativas, e abriu uma larga margem. A brasileira chegou na reta final precisando de excelentes manobra para se classificar, necessitando de um 7,77 para avançar. No entanto, conseguiu apenas duas manobras regulares com 6,33 e 6,20 de pontuação e acabou eliminada da competição.


A próxima fase tem previsão de início pra esta terça-feira (06) e começará com o confronto entre o australiano Connor O'Leary e o brasileiro bicampeão mundial Gabriel Medina. Além do paulista e de Adriano de Souza, outros oito surfistas da Brazilian Storm seguem vivos na competição: Miguel Pupo, Ítalo Ferreira, Caio Ibelli, Deivid Silva, Alex Ribeiro, Peterson Crisanto, Yago Dora e Filipe Toledo.


Foto:WSL/Miers

Nenhum comentário:

Postar um comentário