Canadá, EUA, Grã-Bretanha e Rússia garantem vaga em Pequim 2022 através do Mundial de Curling masculino - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Canadá, EUA, Grã-Bretanha e Rússia garantem vaga em Pequim 2022 através do Mundial de Curling masculino

Compartilhe


O curling masculino dos Jogos Olímpicos de Pequim 2022 ganhou quatro novos integrantes nesta quinta-feira (08). Após as disputas do dia no Mundial da modalidade, Canadá, Estados Unidos, Federação Russa e Grã-Bretanha avançaram aos playoffs e, consequentemente, carimbaram passaporte para o megaevento, juntando-se à Suécia, que já havia obtido classificação no dia anterior


A Federação Russa garantiu a sua vaga ao passar sem problemas pela Escócia, por 9-2, chegando a dez vitórias e duas derrotas, empatando com a Suécia na primeira posição. Mesmo tendo sido derrotado, o país britânico, que tem oito vitórias e quatro derrotas, se classificou matematicamente ao mata-mata com a derrota da Noruega para o Canadá na sessão da noite.


Vale lembrar que a Escócia não é filiada de forma independente ao Comitê Olímpico Internacional (COI) e faz parte da delegação do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte em Olimpíadas. Assim, o Team GB foi quem ganhou o direito de disputar os Jogos de Pequim 2022. Para entender mais sobre os países que formam a delegação britânica, confira o nosso especial da Parada das Nações.



Os Estados Unidos se classificaram após fazer uma jornada dupla e vencer a Dinamarca por 8 a 3 e os Países Baixos por 9 a 4, chegando a nove vitórias e três derrotas. O Canadá, por sua vez, carimbou o passaporte ao bater a Noruega por 6 a 4, chegando a oito vitórias quatro derrotas.


A última vaga aos playoffs está é disputada por Noruega e Suíça. Ambas as equipes têm sete vitórias e cinco derrotas e decidem nesta sexta-feira (09) seus futuros na competição e nas Olimpíadas. A Noruega enfrenta a China, última colocada com duas vitórias e dez derrotas, enquanto a Suíça enfrentará a já classificada Escócia. Caso os dois times vençam, a Noruega ficará com a vaga, já que tem vantagem no confronto direto. 


Foto: WCF/Jefrey Au

Nenhum comentário:

Postar um comentário