Premiê australiano confirma ajuda de custo caso Brisbane seja escolhida sede dos Jogos de 2032 - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Premiê australiano confirma ajuda de custo caso Brisbane seja escolhida sede dos Jogos de 2032

Compartilhe



 


O primeiro-ministro da Austrália Scott Morrisson garantiu ao estado de Queensland que o governo nacional será responsável por pagar metade do orçamento olímpico em caso de vitória da candidatura de Brisbane para sediar os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2032. A candidatura australiana é a única confirmada até aqui, mas já é apontada como favorita.


A garantia veio em carta enviada segunda-feira (26) à governadora de Queensland, Annastacia Palaszczuk, que afirmou que a ajuda deixa a candidatura ainda mais atrativa para o Comitê Olímpico Internacional. Palaszczuk ainda disse que seu estado concordou em formar uma nova ação de infraestrutura olímpica, em conjunto com o governo federal responsável por avaliar todos os locais e seus gastos com infraestrutura.


O primeiro-ministro disse que a assinatura do acordo estava sujeita ao modelo de governança compartilhada de 50 a 50, com supervisão total por parte do Estado de todos os projetos desde a fase de planejamento até a entrega.


"Nós sempre acreditamos no potencial da candidatura dos Jogos Olímpicos de 2032 para Queensland e a Austrália e é importante que mantenhamos a vontade de vencer a escolha", falou Morrisson. "Apoiar a candidatura significa mais empregos, infraestrutura e mais dólares no turismo", completou.


O prefeito de Brisbane, Adrian Schrinner, comemorou a notícia e disse que essa é a peça final do "quebra-cabeça olímpico" que começou em 2015. "Este acordo de financiamento federal é muito mais generoso do que o que foi oferecido a Sydney para a edição de 2000 e é uma grande vitória para Brisbane e Queensland", comentou.


"Uma candidatura olímpica bem-sucedida trará benefícios incomparáveis para nossa região, catalisando o desenvolvimento da infraestrutura necessária, impulsionando nossa economia local e proporcionando empregos para os residentes, ao mesmo tempo em que coloca os olhos do mundo em Brisbane", completou o prefeito.


O Comitê Olímpico Internacional (COI) ainda não definiu quando irá anunciar a sede da edição de 2032. Além de Brisbane, se mostraram interessadas cidades como Madrid, derrotada duas vezes seguidas, contra o Rio e Tóquio.



    

Nenhum comentário:

Postar um comentário