Parada das Nações Tóquio 2020 - Andorra - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Parada das Nações Tóquio 2020 - Andorra

Compartilhe

Introdução

A presença do Império Romano no atual Principado de Andorra é relatada por volta de 2 anos A.C até 5 anos D.C. Após a queda do império, caiu sob o domínio dos visigodos. Carlos Magno, imperador da França, enviou um batalhão de cinco mil soldados para defender Andorra da invasão dos mouros, o que foi alcançado com sucesso.


O país fez parte da Marca Hispânica, uma zona que protegia o Império Franco da invasão dos mouros, com parte do território governado pelo conde de Urgel, e, eventualmente, pelo Bispo de Urgel. Em 988, o conde de Urgel deu os vales andorranos para o Bispo de Urgel, que se tornou o co-príncipe de Andorra.


Andorra se tornou um có-principado após um acordo entre o conde de Foix e o bispo de Urgel que encerrou uma disputa militar entre os dois no século XIII. Eventualmente, o título de conde de Foix foi transferido para o presidente da França e dando formação ao atual território e a forma de política.


Entre 1812 e 1813, Andorra foi envolvida na Guerra Peninsular e acabou por se tornar parte da Catalunha, voltando a se tornar independente em 1814.


Nas Grandes Guerras, Andorra declarou guerra à Alemanha na Primeira Guerra e se declarou neutra na Segunda Guerra, quando serviu de passagem de contrabando entre a França governada por Vichy e a Espanha.


Mesmo sem fazer parte da União Europeia, Andorra tem parcerias com a entidade, e usa o euro como moeda oficial.


Trajetória Olímpica

Andorra começou a participar dos Jogos em Montreal 1976 com três atletas, todos homens. Em Barcelona 1992 e Atlanta 1996 o país teve a sua maior participação, com oito esportistas. O atleta do país que mais participou foi o atirador Joan Tomàs Roca, em 1976, 1980, 1984, 2000 e 2012.


Esportes do país

Os esportes mais populares do país são futebol, basquete, hóquei sob patins, rugby e esportes de inverno.  O BC Andorra, disputa atualmente o campeonato espanhol de basquete (Liga ACB) e recentemente ganhou a Copa da Catalunha, derrotando o Barcelona na final.

+ Basquete 3x3


O país recentemente vem crescendo no esporte em que chegou a disputar a última edição da Copa do Mundo no naipe feminino, realizado em 2019 nos Países Baixo, tendo ficado em 18º lugar entre 20 seleções. 

+ Esportes de Inverno


Irineu Esteves Altimiras ficou em 15º lugar na prova dos 15km masculino do Esqui Cross Country do Mundial de Esqui Nórdico deste ano.





Atletas de Destaque


+ Mônica Doria Villarubia (Canoagem Slalom)

Mônica é o maior destaque andorrano do esporte olímpico. A canoísta andorrana, de 21 anos, alcançou o grande feito esportivo do país no esporte, ao conquistar uma prata na etapa de Bratislava (SVK) da Copa do Mundo de Canoagem Slalom em 2019 e vai representar o país em Tóquio 2020, podendo conquistar a primeira medalha olímpica do país na história.


+ Victoria Jimenez Kasintseva (Tênis)

A jovem tenista é outro nome proeminente no esporte do país. Com apenas 15 anos de idade, Kasintseva conquistou o torneio juvenil do Australian Open em 2020. Ela é a atual número 916 do ranking da WTA.



Nenhum comentário:

Postar um comentário