Jhennifer Conceição quebra o recorde brasileiro dos 100m peito nas eliminatórias da Seletiva Olímpica - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Jhennifer Conceição quebra o recorde brasileiro dos 100m peito nas eliminatórias da Seletiva Olímpica

Compartilhe

No segundo dia de eliminatórias da Seletiva Olímpica de Natação do Brasil, o grande destaque foi Jhennifer Conceição, que quebrou o recorde brasileiros dos 100m peito, com um tempo de 1:07.35. Abaixo, os destaques de cada uma das provas da manhã desta terça-feira (20), no Maria Lenk.

100m costas feminino

Recorde Brasileiro - Etiene Medeiros 59.61 (2015)
Índice Olímpico - 1:00.25

1. Etiene Medeiros 1:02.45
2. Fernanda Goeij 1:04.72
3. Natália de Luccas 1:03.93
4. Camila Mello 1:05.89

Com apenas quatro nadadoras em ação, os 100m costas feminino foi uma prova mais controlada. Etiene Medeiros terminou na primeira colocação e nada na raia central à noite. Etiene é favorita para levar a primeira vaga feminina da natação na seletiva.

200m livre masculino

Recorde Brasileiro - Fernando Scheffer 1:45.51 (2018)
Índice Olímpico - 1:47.02

1. Breno Correia 1:47.53
2. Felipe Ribeiro 1:48.08 - PB
3. Fernando Scheffer 1:48.11
4. Murilo Sartori 1:48.16
5. Luiz Altamir 1:48.61
6. André Pereira 1:48.76
7. Pablo Vieira 1:49.12
8. Leonardo Santos 1:49.34

Numa prova com vários nadadores inscritos e que vale vaga também para o revezamento, os 200m livre masculino teve uma disputa interessante nesta manhã, principalmente na primeira bateria, vencida por Breno Correia, o único a nadar na casa dos 1:47. Felipe Ribeiro, segundo colocado atrás de Breno, fez sua melhor marca pessoal nas eliminatórias, melhorando em 86 centésimos o seu tempo de balizamento. A segunda série foi um pouco mais fraca, com vitória de Fernando Scheffer com 1:48.11.

100m peito feminino

Recorde Brasileiro - Jhennifer Conceição 1:07.64 (2019)
Índice Olímpico - 1:07.07

1. Jhennifer Conceição 1:07.35 RB
2. Bruna Leme 1:09.99 PB
3. Carolyne Mazzo 1:11.03
4. Gabrielle Silva 1:11.26
5. Thayanne Cardoso 1:11.31
6. Pâmela Souza 1:11.40

Grande prova de Jhennifer Conceição! Num evento onde o índice olímpico é mais forte que o recorde brasileiro, a nadadora veio forte na série eliminatória já nadando abaixo da marca nacional. Jhennifer nadou muito bem e dominou a prova de ponta a ponta fazendo parciais de 31.44 e 35.91. Bruna Leme também conseguiu seu melhor tempo pessoal, nadando pela primeira vez na vida abaixo de 1:10.

100m costas masculino

Recorde Brasileiro - Guilherme Guido 52.95 (2019)
Índice Olímpico - 53.85

1. Guilherme Guido 54.74
2. Gabriel Fantoni 54.81
3. Vitor Guaraldo 56.03
4.Guilherme Basseto 56:52
5. Leonardo Guedes 57.57
6. Fabio Arikawa 58.05

A maioria dos nadadores fizeram os primeiros 50 metros mais fortes e controlaram no final para guardar energia para a decisão de hoje à noite. Guilherme Guido é o favorito para levar a primeira vaga na prova, com Gabriel Fantoni e Guilherme Basseto (que passou em primeiro nos 50 metros), podendo pegar a segunda vaga se melhorarem seu melhor tempo pessoal.

400m livre feminino

Recorde Brasileiro - Joanna Maranhão 4:09.41 (2017)
Índice Olímpico - 4:07.90

1. Gabrielle Roncatto 4:15.96
2. Rafaela Raurich 4:16.10
3. Ana Marcela Cunha 4:16.41
4. Sofia Rondel 4:16.74
5. Aline Rodrigues 4:17.84
6. Maria Paula Heitmann 4:17.88
7. Beatriz Dizotti 4:18.13
8. Betina Lorscheitter 4:18.37

Em uma prova com o índice difícil de ser alcançado, Gabrielle Roncatto e Rafaela Raurich venceram as duas baterias eliminatórias e vão nadar no centro da piscina do Maria Lenk à noite. Aline Rodrigues, que tem o melhor tempo pessoal entre as finalistas (4:10.88) nadou com tranquilidade, guardando energia para a final.

Ana Marcela Cunha, classificada para Tóquio 2020 na Maratona Aquática, está participando das provas de fundo da seletiva como forma de preparação para a Olimpíada, já que várias competições do circuito mundial das águas abertas estão sendo canceladas ou adiadas por causa da pandemia. A atleta ficou em segundo lugar na sua série eliminatória.

Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Nenhum comentário:

Postar um comentário