Hurkacz vence jogão contra Sinner e conquista o título do Masters 1000 de Miami - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Hurkacz vence jogão contra Sinner e conquista o título do Masters 1000 de Miami

Compartilhe

O tenista polonês Hubert Hurkacz conquistou neste domingo (4), o título no Masters 1000 de Miami, seu maior título na carreira. Para isso, ele precisou bater o italiano Jannik Sinner por 2 sets a 0, com parciais de 7-6 (4) e 6-4, em 1h43 de partida. Com isso, Hurkacz terá um salto no ranking mundial da ATP, indo do 37º ao 16º lugar, com 2.600 pontos, sua melhor colocação na vida. 

Esse foi o terceiro título de simples na carreira de Hurkacz, o segundo em 2021. Em janeiro, o polonês conquistou o caneco no ATP 250 de Delray Beach também na Flórida . Em torneios nível Masters 1000, sua melhor campanha tinha sido alcançada em Indian Wells 2019, quando caiu diante Roger Federer nas quartas de final. 

A conquista de Hurkacz na Flórida representa o título mais importante de simples no tênis masculino polonês desde o triunfo de Wojciech Fibrak (ex-top 10 em simples e duplas) no Aberto de Paris em 1982 (hoje Masters 1000, categoria criada apenas em 1990). Inclusive, Hurkacz é o primeiro tenista polonês campeão de simples num torneio Masters 1000. Jerzy Janowicz foi finalista em Paris 2012, mas saiu derrotado pelo espanhol David Ferrer.

Vale lembrar ainda, que Hurkacz foi parceiro de dupla de Sinner no ATP 250 de Melbourne 1, na preparação para o Australian Open, em fevereiro, e também no ATP 500 de Dubai, em março. 

De acordo com informações do perfil de estatísticas de tênis Mister.Only Tennis no Twitter, essa foi a primeira final de Masters 1000 que reuniu dois atletas de fora do top-30 do ranking mundial de tênis, desde Paris 2003, quando o britânico Tim Henman (31º) venceu o romeno Andrei Pavel (191º) para ficar com o título. Na decisão deste domingo, na Flórida, Hurkacz entrou como o número 37, enquanto Sinner era o 31º. Veja abaixo. 


O jogo 

A primeira parcial da decisão do Masters 1000 de Miami foi extremamente equilibrada. Hurkacz até deu os primeiros sinais de domínio ao efetuar a quebra de saque logo no segundo game do jogo, abrindo 3-0 na sequência. No entanto, Sinner devolveu a quebra no quinto game, empatando a partida. 

Na reta final do primeiro set os tenistas mostraram muita instabilidade e trocaram quebras de saque, onde Sinner chegou a sacar para a vitória na parcial. Mas após quebrar o adversário de zero, Hurkacz mostrou-se mais decisivo, ganhando o tiebreak por 7 a 4, fechando o set em 7-6. 

Hurkacz ganhou 47 dos 89 pontos disputados na primeira parcial, disparando três aces, contra apenas um de Sinner, que cometeu quatro duplas-faltas. Nos pontos com o primeiro serviço, o polonês também levou a melhor, com 64% de aproveitamento, versus os 52% do italiano. Sinner teve 28 erros não-forcados contra apenas 13 de Hurkacz. 

O segundo set parecia fácil para Hurkacz. Ele emplacou uma série de vitórias em quatro games seguidos, quebrando duas vezes o italiano, tendo break points para fazer 5-0. No entanto, Sinner não vendeu barato. Ele se recuperou e passou a pressionar mais o adversário polonês, vencendo três games seguidos. 

Apesar de todo o esforço para não deixar a partida escapar, Sinner não conseguiu evitar a vitória de Hurkacz, que fechou o placar do segundo set em 6-4. O polonês venceu 31 dos 58 tentos disputados na parcial, sendo que 16 deles foram com o acerto do primeiro saque em quadra (aproveitamento de 76%).

Foto: Reprodução/Twitter ATP Tour 

Nenhum comentário:

Postar um comentário