Europeu de Ginástica Artística termina com a Rússia no topo do quadro de medalhas - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Europeu de Ginástica Artística termina com a Rússia no topo do quadro de medalhas

Compartilhe

Chegou ao fim, neste domingo (25), o Campeonato Europeu de Ginástica 2021, na Basileia, na Suíça. A equipe da Rússia liderou com folga o quadro de medalhas, com cinco ouros, sete pratas e um bronze, totalizando 13 pódios. Para efeito de comparação, a Grã-Bretanha ficou em segundo lugar com um ouro, uma prata e quatro bronzes.

O último dia da competição teve cinco finais por aparelho: trave e solo no feminino e salto, barras paralelas e barra fixa no masculino. Começando pelas mulheres, a francesa Mélanie de Jesus dos Santos ficou com o ouro na trave, com 13.900 pontos. A ginasta fez uma apresentação sólida e estreou sua nova saída, um Tsukahara grupado, com valor de dificuldade “G” (o segundo mais difícil na trave).

A campeã olímpica, Sanne Wevers, dos Países Baixos, ficou com a prata, com 13.866, aumentando quatro décimos da sua nota na qualificação, quando não conseguiu conectar sua sequência de giros, mas na final ela acertou. Uma surpresa completou o pódio. Anastasiia Bachynska, da Ucrânia, entrou na final substituindo a romena Larisa Iordache que ficou em primeiro na qualificação, mas não participou das finais por causa de uma infecção renal. Bachynska acertou sua série, conseguindo 13.333 pontos e a medalha de bronze.

No solo, Jessica Gadirova, da Grã-Bretanha, venceu com 13.966, superando a russa Angelina Melnikova por menos de um décimo. A jovem britânica fez um série controlada, acertando todas as suas acrobacias, enquanto Melnikova teve alguns erros nas suas aterrissagens e ficou em segundo lugar com 13.900. A veterana Vansessa Ferrari, da Itália, ficou com a medalha de bronze, recebendo nota 13.600 para sua série ao som de Bella Ciao.

Entre os homens, Igor Radvilov, da Ucrânia, venceu o salto sobre a mesa, com média 14.716. O ucraniano foi o único ginasta da final que conseguiu tirar 15.000 pontos para um dos saltos, recebendo a nota para seu duplo mortal carpado de frente com meia volta (Ri Se Gwang II). Seu segundo salto foi um Tsukahara com duplo mortal carpado, que recebeu nota 14.333. A prata ficou com o israelense Andrey Medvedev com 14.658, enquanto Giarni Regini-Moran da Grã-Bretanha levou o bronze com nota 14.583.

Ferhat Arican, da Turquia, venceu seu segundo título continental seguido nas barras paralelas. O turco recebeu nota 15.300 para uma rotina com poucos erros. David Belyavskiy, da Rússia, ficou com a prata com 15.133. Já na terceira posição tivemos um empate. O suíço Christian Baumann e o alemão Lukas Dauser tiraram 15.100 na prova. O critério de desempate é a nota de execução, que foi a mesma para os dois ginastas (8.700). Portanto, os dois receberam a medalha de bronze.

Na última final do campeonato, David Belyavskiy ficou com a medalha de ouro na barra fixa. O russo recebeu nota 14.066 para um exercício sem grandes falhas. Andreas Toba, da Alemanha, foi prata com 13.833, enquanto Aden Asil, da Turquia, ficou na terceira posição com 13.766.


Resultados das finais do dia:

Trave:
1. Mélanie De Jesus Dos Santos (FRA) 13.900
2. Sanne Wevers (NED) 13.866
3. Anastasiia Bachynska (UKR) 13.333
4. Amelie Morgan (GBR) 13.166
5. Martina Maggio (ITA) 13.000
6. Marine Boyer (FRA) 12.866
7. Lieke Wevers (NED) 12.300
8. Elina Vihrova (LAT) 11.200

Salto Masculino:
1. Igor Radivilov (UKR) 14.716
2. Andrey Medvedev (ISR) 14.658
3. Giarnni Regini-Moran (GBR) 14.583
4. Yahor Sharamkou (BLR) 14.549
5. Courtney Tulloch (GBR) 14.516
6. Artur Davtyan (ARM) 14.499
7. Nikita Nagornyy (RUS) 14.033
8. Loris Frasca (FRA) 14.016

Solo Feminino:
1. Jessica Gadirova (GBR) 13.966
2. Angelina Melnikova (RUS) 13.900
3. Vanessa Ferrari (ITA) 13.600
4. Martina Maggio (ITA) 13.266
5. Maria Ceplinschi (ROU) 12.966
6. Kim Bui (GER) 12.600
7. Viktoriia Listunova (RUS) 12.033
8. Carolann Heduit (FRA) 2.666

Barras Paralelas:
1. Ferhat Arican (TUR) 15.300
2. David Belyavskiy (RUS) 15.133
3. Christian Baumann (SUI) 15.100
3. Lukas Dauser (GER) 15.100
5. Illia Kovtun (UKR) 14.933
6. Nikita Nagornyy (RUS) 14.666
7. Pablo Brägger (SUI) 14.600
8. Ahmet Önder (TUR) 9.666

Barra Fixa:
1. David Belyavskiy (RUS) 14.066
2. Andreas Toba (GER) 13.833
3. Adem Asil (TUR) 13.766
4. Carlo Macchini (ITA) 13.600
5. Ahmet Önder (TUR) 13.466
6. Christian Baumann (SUI) 13.466
7. Pablo Brägger (SUI) 13.333
8. Krisztian Balazs (HUN) 12.600

Foto: Divulgação/European Gymnastics

Nenhum comentário:

Postar um comentário