Barty vira contra Sabalenka na final do WTA 500 de Sttutgart e conquista 3º título em 2021 - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

Últimas Notícias

Barty vira contra Sabalenka na final do WTA 500 de Sttutgart e conquista 3º título em 2021

Compartilhe
Tenista australiana Ashleigh Barty rebate bola com sua raquete no WTA 500 de Stuttgart

A tenista número 1 do mundo, Ashleigh Barty segue somando pontos para defender o posto de melhor atleta da modalidade. Neste domingo (25), ela precisou virar a decisão do WTA 500 de Stuttgart contra a belarrussa Aryna Sabalenka, para conquistar seu 11º título na carreira, o segundo no saibro. Ela venceu por 2 sets a 1, com parciais de 3-6, 6-0 e 6-3, em 1h47

Este foi o terceiro título de Barty em 2021, mantendo 100% de aproveitamento em finais nesta temporada. A australiana havia ficado pouco mais de um ano sem competir, devido à pandemia de coronavírus e ainda assim manteve a liderança do ranking mundial. 

Nas decisões por título neste ano, Barty só enfrentou tenistas do top-15: Garbiñe Muguruza (WTA 250 de Melbourne 1), Bianca Andreescu (WTA 1000 de Miami) e agora Aryna Sabalenka (WTA 500 de Stuttgart). 

Com a vitória, Barty se tornou a primeira tenista australiana a conquistar um título de simples no WTA 500 de Stuttgart. De quebra, ela derrubou uma série de dez anos sem títulos australianos no evento, já que a última campeã foi Samantha Stosur, nas duplas, em 2011 (ao lado da alemã Sabine Lisicki). 



O jogo 

Apesar da vitória de Barty, foi Sabalenka quem começou bem na partida. Apesar de suas cinco duplas-faltas, a belarrussa ganhou 37 dos 67 pontos disputados, e foi a única tenista que conseguiu aproveitar break points no primeiro set, ao quebrar o serviço da australiana no oitavo game e vencer a parcial por 6-3.  

Mas a situação mudou completamente no segundo set. Barty massacrou a adversária, ao disparar dois aces e ceder apenas 10 pontos na parcial (venceu 25 de 35). Com três quebras de serviço, a australiana aplicou um pneu em Sabalenka, fechando o set em 6-0. 

Na terceira parcial, Barty novamente aproveitou rapidamente seu break point, chegando a abrir 3-0. Sabalenka tentou reagir, devolveu a quebra de saque, mas foi novamente quebrada no sexto game, desperdiçando a chance de igualar a partida. Coube a Barty confirmar seus serviços para fechar em 6-3 e garantir seu terceiro título na temporada. 

Foto: Reprodução/Twitter Porsche Tennis 

Nenhum comentário:

Postar um comentário