Barty massacra Svitolina e volta à final do WTA 1000 de Miami - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Barty massacra Svitolina e volta à final do WTA 1000 de Miami

Compartilhe


A tenista número 1 do mundo Ashleigh Barty está de volta à final do WTA 1000 de Miami, torneio no qual ela defende o título. Ela bateu a ucraniana Elina Svitolina por 2 sets a 0, com duplo 6-3, em 1h29 de jogo, para avançar de fase. 

Essa foi a sétima partida entre Barty e Svitolina, que terminou com a segunda vitória seguida da líder do ranking mundial sobre a ucraniana. Essa será a oportunidade para que a australiana consiga defender um título pela primeira vez na carreira. Ela buscará na final, sua décima conquista de título na carreira.

Agora ela aguarda a decisão de sua adversária. A grega Maria Sakkari encara a canadense Bianca Andreescu, valendo a outra vaga na final do WTA 1000 de Miami. 

A partida

Sem aprofundar os golpes ainda em seu primeiro game de saque, Svitolina foi quebrada e viu Barty abrir vantagem no começo da partida. Ela cometeu alguns erros e mesmo tendo um break point no game seguinte, a ucraniana não conseguiu empatar no placar.

Jogando com mais intensidade no quinto game, Barty novamente aproveitou o break point e quebrou o saque de Svitolina, sem ceder pontos para adversária, abrindo 4-1 no marcador. No entanto, uma série de erros não-forçados da australiana culminaram na devolução de uma das quebras por parte da ucraniana. 

Com um forehand fulminante no nono game, Barty alcançou seus dois primeiros set poins. Depois de desperdiçar um deles com um backhand na paralela para fora, a australiana contou com um erro de Svitolina para fechar o set em 6-3. 

Após o fim da primeira parcial, Barty sentiu um desconforto e solicitou atendimento médico. Ainda assim, a tenista voltou com energia de sobra, confirmando seu primeiro game de saque e obtendo três break points. Porém, todos foram salvos pela adversária. 

Na virada do game, Barty novamente pediu atendimento. Mais agressiva, a atual líder do ranking mundial pressionou Svitolina e obteve a quebra de serviço, a primeira na segunda parcial. 

Aproveitando uma queda de rendimento da adversária, Svitolina disparou bons golpes para devolver a quebra de saque no game seguinte, impedindo a abertura de vantagem ao levar o placar ao 3-2. 

Assim como em todos seus outros games de saque em toda a partida, Svitolina novamente encontrou dificuldades. Com muitos erros cometidos ela foi quebrada mais uma vez por Barty, que no game seguinte, mesmo após ser pressionada, conseguiu sustentar a vantagem, ficando muito perto da vitória. 

Assim, bastou a australiana confirmar seu serviço no nono game da segunda parcial, para fechar o placar em 6-3 e confirmar sua vaga da decisão. Ao longo da partida ela disparou sete aces, contra dois de Svitolina, além de ter vencido 73 dos 128 pontos disputados, obtendo aproveitamento de 65% dos tentos jogados no primeiro saque (16% a mais que a ucraniana). 

Foto: Reprodução/Twitter Ashleigh Barty

Nenhum comentário:

Postar um comentário