Praia Clube vence Osasco no tie-break e sai na frente na semifinal da Superliga feminina - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Praia Clube vence Osasco no tie-break e sai na frente na semifinal da Superliga feminina

Compartilhe

Foi com emoção e no detalhe. Deu Dentil/Praia Clube no primeiro jogo da semifinal diante do Osasco São Cristovão Saúde nesta sexta-feira (26). O primeiro confronto melhor de 3 foi vencido pelo Praia por 3 a 2 (25/21, 19/25, 18/25, 25/17 e 15/12), em partida com mais de 3h de duração no Centro de Desenvolvimento do Voleibol (CDV), em Saquarema (RJ). O Troféu Viva Vôlei ficou com a central Carol, que marcou 14 pontos, sete deles em bloqueio.


A maior pontuadora do jogo foi a oposta Tandara, de Osasco, autora de 34 pontos. A também oposta Brayelin Martinez, do Praia, teve 23 pontos. As equipes voltam a se enfrentar no próximo domingo (28), no segundo confronto da semifinal.



Times inicias

Dentil/Praia Clube: Fernanda Garay, Michelle, Brayelin Martinez, Jineiry Martinez, Carol, Claudinha e Suelen (L). Entraram: Monique, Rosane, Walewska, Mari Paraiba e Anne Buijs. Técnico: Paulo Coco


Osasco São Cristóvão Saúde: Tainara, Jaqueline, Tandara, Mayany, Bia, Roberta e Camila Brait (L). Entraram: Kika, Gabi Cândido, Sonaly, Ana Clara e Camila Paracatu. Técnico: Luizomar de Moura


O jogo

O primeiro set serviu para termos um gostinho do que as opostas das equipes poderiam proporcionar. Brayelin e Tandara marcaram nove pontos cada, no set que iniciou em bom ataque de Tainara na paralela.


No entanto, a própria Tainara e Jaqueline tiveram muitas dificuldades contra o bloqueio praiano, que se destacou com seis pontos na parcial. Quando o placar marcava 19 a 16 para o Praia, Jaque caiu do bloqueio com o pé por cima da Brayelin causando uma torção no tornozelo. Gabi Cândido entrou no lugar dela, mas nada adiantou. Michelle marcou o ponto derradeiro da primeira parcial em 25/21.


Apareceu então o poderio defensivo da equipe osasquense, muito bem postada na defesa. Longos ralis aconteceram na segunda parcial e uma queda drástica de rendimento no time praiano. Osasco nada tinha a ver com isso e mesmo com algumas dificuldades das jogadoras de ponta, contou com Tandara brilhando para empatar o jogo. Vitória de 25 a 19 no set, com Gabi Cândido bloqueando Brayelin no ponto final.


O time de Osasco evoluiu para o terceiro set. Gabi Cândido, que vinha bem no fundo de quadra, começou a virar melhor seus ataques, assim como Tainara. Tendo uma atleta como Tandara no time, ficou fácil para o time osasquense vencer em 25/18. Dez pontos para a oposta de Osasco.


No quarto set o Praia Clube veio para o tudo ou não. Com muita pressão no saque (5 aces), rapidamente a equipe mineira abriu 6 a 1 em um ace de Fernanda Garay. Osasco tentou reação e diminuiu o placar para apenas três pontos de diferença, mas logo Carol fez bons saques e tratou de abrir vantagem novamente na parcial. Até Garay, que vinha mal no ataque, evoluiu no set. E foi dela o ponto final, bloqueando a central Bia em bola china.


O tie-break começou no embalo do último set, com Carol virando em bola rápida. Dois erros em sequência do Osasco fizeram o Praia abrir 7 a 4 no meio do set decisivo. Mas quando parecia que o Praia venceria a partida tranquilamente, Osasco empatou em erro de Brayelin e virou para 11/10 após Tandara jogar uma largadinha na quadra adversária. Porém, Osasco voltou a errar, teve dificuldades com os saques de Claudinha e o Praia Clube fechou em 15/12, abrindo 1 a 0 na melhor de três.


Foto em destaque: Wander Roberto/Inovafoto/CBV


Nenhum comentário:

Postar um comentário