Minas supera Sesi Bauru e se aproxima da final da Superliga Feminina - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Minas supera Sesi Bauru e se aproxima da final da Superliga Feminina

Compartilhe

Em partida disputada na bolha no Centro de Desenvolvimento do Voleibol em Saquarema (RJ), o Itambé/Minas venceu o Sesi Vôlei Bauru por 3 sets a 1 (25-22, 24-26, 25-19 e 25-17) na madrugada deste sábado (27). Com o resultado positivo, o time mineiro largou na frente na briga por uma vaga na final da Superliga Feminina.

A ponteira Pri Daroit liderou o time belorizontino na recepção e nos ataques, anotou 20 pontos e foi eleita a melhor jogadora da partida. Outro destaque da partida foi a central Thaisa, que marcou 21 e terminou como a maior pontuadora do seu time. Pelo lado de Bauru, Tiffany contribuiu com 22 pontos e foi a melhor marcadora do duelo.

As duas equipes voltam à quadra para o segundo jogo da semifinal no próximo domingo (28), às 21h. Uma vitória do Minas classifica o time para a decisão. Caso o Sesi Bauru ganhe a partida, será disputado um jogo-desempate na terça-feira (30).

Mais cedo, Dentil/Praia Clube e Osasco/São Cristóvão Saúde se enfrentaram na bolha em Saquarema. Em jogo de cinco sets, o time de Uberlândia venceu por 3 a 2 (25-21, 19-25; 18-25; 25-17 e 15-12) e saiu na frente na série melhor de três. O próximo duelo também é no domingo, às 19h.

Times iniciais


Itambé/Minas: Macris, Carol Gattaz, Pri Daroit, Dani Cuttino, Thaisa, Megan e Leia (L). Entraram: Kasiely, Pri Heldes e Camila Mesquita. Técnico: Nicola Negro


Sesi Vôlei Bauru: Dani Lins, Adenízia, Tiffany, Polina Rahimova, Mara, Vanessa Janke e Brenda Castillo (L). Entraram: Fê Ísis, Suelle, Júlia, Carol Leite, Pâmela. Técnico: Rubinho.

O jogo


A partida começou seguindo a tônica de toda a Superliga: Thaísa virou a primeira bola do jogo para o Minas. Na sequência, o time belorizontino abriu 4 a 0 com boa passagem de Macris no saque. Somente depois o Sesi Bauru respondeu, encostando no placar em 5 a 4.

A partir daí, a parcial seguiu equilibrada, até que, em ace de Vanessa, o Sesi Bauru abriu 12 a 10. Foi justamente esse fundamento - o saque - o mais decisivo do set. Primeiro, a equipe paulista dificultou a recepção das adversárias e complicou a distribuição de Macris até o 17º ponto. Foi quando um ponto direto de saque de Kasiely empatou a parcial em 17 a 17, e um novo bom serviço da ponteira possibilitou o contra-ataque de Pri Daroit que colocou as mineiras na frente. O time fecharia o set em 25 a 22, em ataque de Cuttino.

O segundo set começou de forma contrária ao primeiro. O Sesi Bauru começou mais ligado e abriu 5 a 0 em longa passagem de Mara no saque. O Minas chegou a encostar em 5 a 4, mas o time comandado por Rubinho cresceu no bloqueio e abriu 10 a 5. Depois, foi a vez de Pri Daroit se destacar e, em uma sequência de ataques, empatar em 14 a 14. Logo após, em bloqueio de Thaísa sobre Tiffany, o Minas passou à frente.

A parcial seguiu com muito equilíbrio, chegando ao placar de 24 a 24. Porém, dois erros seguidos do Minas - um em saque de Macris e outro em ataque de Pri Daroit - deram a vitória ao Sesi Bauru por 26 a 24.

Diferente dos outros sets, o terceiro teve um início disputado, sem que uma das equipes desgarrasse no placar. Porém, com o passe mais equilibrado, Macris pôde usar mais as centrais, que decidiram a parcial com ataques potentes e com boa participação no bloqueio. Thaisa anotou nove pontos, Gattaz outros quatro, e o Minas venceu por 25 a 19.

Apagada na partida até então, a ponteira norte-americana Megan Easy foi o nome do Minas no início do quarto set, marcando sete dos primeiros dez pontos do time na parcial. Com o brilho dessa atleta, a equipe abriu 11 a 5. Sem conseguir mostrar seu poder de reação, o Sesi Bauru sofreu na recepção e não conseguiu igualar as ações. Em ataque de Megan, o Minas fechou o set em 25 a 17 e o jogo em 3 a 1.

Foto: William Lucas/Inovafoto/CBV

Nenhum comentário:

Postar um comentário