Disputando em casa, Países Baixos dominam o Mundial de Patinação de Velocidade em Pista Curta - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Disputando em casa, Países Baixos dominam o Mundial de Patinação de Velocidade em Pista Curta

Compartilhe


Assim como no Mundial de Patinação de Velocidade, os Países Baixos dominaram o Mundial de Patinação de Velocidade em Pista Curta, disputado entre os dias 5 e 7 deste mês em Dordrecht (NED).


A competição, entretanto, foi marcada pela ausência de grandes forças da modalidade. Por causa da pandemia, Coreia do Sul, Japão, China e Grã-Bretanha não enviaram atletas. No caso dos britânicos, o motivo da ausência foi a proibição de moradores da Grã-Bretanha de entrarem nos Países Baixos para evitar o surgimento de casos da variante britânica da Covid-19.


Os donos da casa foram avassaladores no feminino, ganhando todas as medalhas em disputa. Destaque total para Suzanne Schulting (NED), que levou quatro ouros nas quatro provas que foram realizadas, incluindo o revezamento, e foi a maior atleta da competição.


Já no masculino, o nome da vez foi Shaoang Liu (HUN). O húngaro ganhou um ouro (500m) e duas pratas (1000m e revezamento 5000m). O irmão de Shaoang, Shaolin Liu (HUN) levou os 1000m e fez parte da equipe prata no revezamento 5000m.


No quadro geral, foram cinco ouros dos Países Baixos, 2 da Hungria e 1 do Canadá. Itália (uma prata e cinco bronzes), Federação Russa de Patinação (uma prata e dois bronzes), Bélgica e França (uma prata) completaram o quadro.


Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário