Comitê Olímpico do Catar reitera o compromisso de permanecer em diálogo com o COI sobre as Olimpíadas de 2032 - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Comitê Olímpico do Catar reitera o compromisso de permanecer em diálogo com o COI sobre as Olimpíadas de 2032

Compartilhe

 

O Comitê Olímpico do Qatar (QOC) confirmou que permanecerá em diálogo com o Comitê Olímpico Internacional (COI) ao reiterar seu compromisso de sediar os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2032, apesar de ter escolhido Brisbane (AUS) como sede preferencial no mês passado. 


O COI aprovou Brisbane como sua candidata preferida para os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2032 no mês passado, entrando em negociações exclusivas com a cidade australiana. Isso foi um golpe para outras cidades interessadas em sediar os Jogos, incluindo Doha.


A capital do Catar tinha como alvo as Olimpíadas e Paraolímpicas de 2032 como o próximo grande evento que pretende sediar depois da Copa do Mundo FIFA de 2022 e dos Jogos Asiáticos de 2030, que conquistou no final do ano passado.


Apesar do revés, o presidente do QOC, sheik Joaan Bin Hamad Bin Khalifa Al-Thani, revelou que a organização continuaria a trabalhar com a Future Host Summer Commission do COI, criada em 2019 para identificar e recomendar locais para os Jogos e entrar em diálogo com os países em potencial e cidades.


"Hospedar os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2032 continua sendo nossa maior ambição", disse o sheik Joaan.


O QOC apresentou sua proposta para os Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2032 à Future Host Commission em 3 de fevereiro. De acordo com a licitação, 80 por cento das instalações usadas já estariam existentes e incluiriam aquelas usadas para o Campeonato Mundial de Atletismo de 2019 e a Copa do Mundo FIFA de 2022. O QOC anunciou seu interesse em sediar uma Olimpíada e Paralimpíada já em 2032 em julho passado. 


Este anúncio gerou algumas críticas, no entanto, com oponentes alegando que o Catar usou grandes eventos esportivos para melhorar sua imagem em meio a um histórico ruim de direitos humanos e críticas aos direitos dos migrantes nos canteiros de obras da Copa do Mundo. 


Brisbane se tornou a primeira cidade a candidatar-se preferencialmente aos Jogos Olímpicos de verão, de acordo com o novo processo do COI para selecionar o anfitrião de seu evento principal.


A Future Host Commission foi criada como a abordagem anterior de colocar cidades concorrentes umas contra as outras para sediar as Olimpíadas por um determinado ano e, em seguida, anunciar o vencedor com sete anos de antecedência foi abandonada.


O antigo sistema de licitações criou "muitos perdedores" entre as cidades-sede rejeitadas, que muitas vezes gastavam milhões de dólares na promoção de sua campanha e nunca voltavam a licitar, afirmou o presidente do COI, Bach.


Índia, Indonésia, China, Alemanha e Hungria também manifestaram interesse em sediar os Jogos em 2032.  


Foto: BBC/AP


Nenhum comentário:

Postar um comentário