Brasil conquista três ouros e sete medalhas no primeiro dia do Sul-Americano de Esportes Aquáticos - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Brasil conquista três ouros e sete medalhas no primeiro dia do Sul-Americano de Esportes Aquáticos

Compartilhe

O Brasil deu início nesta terça-feira (16) a sua trajetória no Campeonato Sul-Americano de Esportes Aquáticos com sete medalhas (três de ouro, duas de prata e duas de bronze), com destaque para os ouros dos revezamentos 4x200m livre masculino e feminino e de Lucas Peixoto nos 100m livre. A competição é realizada no Parque Olímpico da Juventude, em Buenos Aires, na Argentina.

Lucas Peixoto conquistou a primeira medalha de ouro para o Brasil no Campeonato Sul-Americano de maneira espetacular. De volta ao Parque Olímpico, onde foi um dos destaques da seleção brasileira nos Jogos Olímpicos da Juventude de 2018, ele nadou os 100m livre para 49s36, conquistando um novo recorde pessoal.

Nos revezamentos 4x200m, o Brasil sobrou. O feminino, formado por Rafaela Raurich, Giulia Chicon, Fernanda Andrade e Sofia Rondel, nadou para 8m15s35 – mais de cinco segundos à frente da Argentina (8m20s71). No masculino, formado por Murilo Sartori, Pablo Vieira, Gustavo Saldo e Lucas Peixoto, mais uma vitória: 7m24s32, a quase dez segundos dos argentinos.

Foram conquistadas ainda duas medalhas de prata pela delegação brasileira. Eduardo Moraes ficou em segundo nos 800m livre, com 8m08s90, marca que o garante na seletiva olímpica nacional para Tóquio 2020. Já Fernanda Celidonio foi a primeira mulher a subir no pódio, com o vice nos 200m medley, com 2m16s93. Na mesma prova, Maria Luiza Pessanha terminou em quarto (2m19s49).

O Brasil também foi ao pódio outras duas vezes, com os bronzes de Vinicius Assunção nos 200m medley masculino (2m03s99) e de Pedro Motta nos 50m costas (26s00). Fernanda de Goeij esteve muito perto de medalhar nos 50m costas, mas ficando a dois centésimos do bronze (29s62). Gabriela Assis também esteve próximo nos 100m peito, marcando 1m10s34 para chegar em quarto lugar.

Entre outros resultados da natação no primeiro dia de disputas, destaque para os 800m livre feminino, que foi vencido pela argentina Delfina Pignatiello (8m34s10), a um centésimo a frente da chilena Kristel Kobrich. A brasileira Giulia Chicon marcou 8m52s63 e ficou na quarta colocação na prova.

As competições do nado artístico também foram iniciadas nesta terça. No solo, Julia Catharino terminou a rotina técnica na segunda colocação com 78.7802 pontos. Na equipe, a apresentação técnica do Brasil somou 77.2923 pontos e também está na briga por medalhas. Nesta quarta-feira, serão disputadas as rotinas técnicas dos duetos femininos e dos duetos mistos.

*Com informações de Best Swimming

Foto de capa: Satiro Sodré/SSPress/CBDA


Nenhum comentário:

Postar um comentário