São Paulo/Barueri vira em cima do SESI Bauru na Superliga de Vôlei feminino; Minas ganha - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Pesquisar:

São Paulo/Barueri vira em cima do SESI Bauru na Superliga de Vôlei feminino; Minas ganha

Compartilhe



Em um jogo muito equilibrado, decidido apenas no tie-break, o São Paulo/Barueri levou a melhor contra o SESI Bauru na noite da terça-feira (16), em Bauru (SP). No ginásio Panela de Pressão, o time comandado por José Roberto Guimarães ganhou por 3 sets a 2 (17/25, 25/18, 25/23, 23/25 e 15/13), em jogo atrasado da quarta rodada do returno da Superliga 20/21 feminina.




Com o resultado, o time de Barueri chega a 31 pontos na sexta posição e diminui um pouco a distância para a equipe bauruense, que está no quinto lugar, agora com 35 pontos, um a menos do que o quarto colocado SESC Flamengo, que tem 36.


“Eu estou muito feliz. A gente trabalha muito, muito mesmo. Acho que (o Troféu VivaVôlei) não é só meu, é de todo mundo, foi um trabalho em equipe. Estou muito feliz por essa conquista e por mais essa vitória que a gente vem construindo dia após dia. No jogo contra o Dentil/Praia Clube, a gente errou bastante. Esse agora a gente tentou minimizar os erros, ir para cima, ser mais agressivas”, disse a oposto Lorrayna, maior pontuadora da partida, com 21 pontos, e que ganhou o Troféu VivaVôlei após ser eleita a melhor em quadra.


O SESI Bauru volta a jogar na sexta-feira (19), às 19h, quando enfrenta o SESC Flamengo (RJ) no ginásio Panela de Pressão. No sábado (20), às 20h, o São Paulo/Barueri recebe o Brasília no ginásio José Corrêa.


Minas também vence


Em partida atrasada da terceira rodada do returno, o líder/Minas conquistou mais uma vitória e chegou a 51 pontos na tabela de classificação. Jogando em casa, a equipe de Belo Horizonte (MG) derrotou o Curitiba por 3 sets a 0 (25/14, 25/21 e 25/17). A central Thaisa foi a maior pontuadora, com 13 pontos, e a ponteira Pri Daroit foi eleita a melhor em quadra, recebendo o Troféu VivaVôlei.


“Foi uma vitória muito importante. A gente sabia que ia ser um jogo complicado, porque Curitiba é um time muito bom, com jogadoras de qualidade. Mas o time entrou focado para o objetivo, que era buscar os três pontos. Acho que nosso segredo é ter realmente uma equipe. A gente se ajuda muito, tem muito carinho uma pela outra. Existe a cobrança na hora que tem a dificuldade, mas é sempre uma cobrança construtiva”, afirmou Pri Daroit.


Foto: Diuvlgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário