Competindo pela Mongólia, judoca iraniano Saeid Mollaei treinará com a equipe israelense para Tóquio 2020 - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Competindo pela Mongólia, judoca iraniano Saeid Mollaei treinará com a equipe israelense para Tóquio 2020

Compartilhe
Saeid Mollaei israel judo irã iran medal medalha grand slam tel aviv


Em uma das maiores reviravoltas do judô recente, o iraniano Saeid Mollaei desembarcou esta semana em Israel para competir no Grand Slam e assinalou que irá voltar ao país para treinar com a equipe israelense nos preparativos para os Jogos Olímpicos de Tóquio, assinalou o portal israelense Ynet. 

Disputando o Grand Slam de Tel Aviv pela bandeira da Mongólia, ele levou a medalha de prata. Foi a primeira vez que um atleta iraniano competiu em solo israelense desde 1979. Ao final da competição ele presenteou o presidente da Federação Israelense de Judô Moshe Ponte, com sua medalha (foto acima).

Mollaei treinou com o time israelense na véspera de seu embate, tendo como sparring o campeão israelense juvenil Eshed Winkler, e disse que não tinha encontrado condições tão boas desde que precisou escapar do Irã.


Relembre o caso 
Uma das grandes histórias do Mundial de 2019 no Japão foi a derrota do iraniano Saeid Mollaei para o belga Matthias Casse, evitando assim um confronto contra o israelense Sagi Muki na final.  Quando a saga envolvendo uma ameaça a Molleai se fosse à final foi revelada, ele resolveu não voltar mais ao país e pediu asilo na Alemanha, onde obteve status de refugiado.

Auxiliado durante todo o processo pela Federação Internacional de Judô e seu presidente, Marius Vizer, ele chegou a sinalar que competiria pela Equipe de Refugiados do Comitê Olímpico Internacional quando se viu sem bandeira. 

Porém, o presidente da Mongólia ofereceu cidadania de seu país ao judoca em novembro de 2019 e desde então, ele passou a competir pela Mongólia, tendo a mudança de nacionalidade aprovada em março do ano passado pelo Comitê Olímpico Internacional



Foto: Gabriela Sabau / IJF

Nenhum comentário:

Postar um comentário