Brasil vence apenas duas lutas no primeiro dia do Grand Slam de Tel Aviv - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Brasil vence apenas duas lutas no primeiro dia do Grand Slam de Tel Aviv

Compartilhe


O primeiro dia de disputas do Grand Slam de Tel Aviv, em Israel, não foi nada bom para os judocas brasileiros. Dos seis atletas que entraram em ação nesta quinta-feira (18), apenas Allan Kuwabara e Willian Lima conseguiram vencer uma luta - eliminados na segunda rodada -, enquanto Phelipe Pelim, Eleudis Valentim, Jessica Pereira e Ketelyn Nascimento caíram em suas estreias.


AJUDE O SURTO OLÍMPICO A ESTAR PRESENTE NOS JOGOS DE TÓQUIO


Allan Kuwabara, entre os ligeiros, obteve uma das duas vitórias brasileiras do dia contra Otar Bestaev, do Quirguistão, por ippon. Na fase seguinte, encarou o cazaque Gusman Kyrgyzbayev, 10º colocado do ranking mundial e cabeça de chave número 1 do torneio israelense, e foi derrotado após sofrer três punições - a terceira foi recebida a menos de dez segundos do fim da luta.


O roteiro vivido por Kuwabara foi semelhante ao de Willian Lima, que competiu uma categoria acima do compatriota, nos meio-leves. Ele derrotou por ippon o búlgaro Bozhidar Temelkov na estreia, mas parou diante do israelense Baruch Shmailov, quinto colocado do ranking olímpico e cabeça de chave número 1, após sofrer um waza-ari no último segundo de combate.


Todos os quatro brasileiros restantes caíram em suas estreias. Também na categoria até 60kg - a mesma de Kuwabara -, Phelipe Pelim foi derrotado pelo georgiano Temur Nozadze, por ippon. Na categoria até 52kg feminina, Eleudis Valentim perdeu para a azeri Gultaj Mammadaliyeva depois de sofrer um waza-ari e receber três shidôs.


Duas judocas nacionais competiram na 57kg. Sem poder contar com Rafaela Silva, a seleção brasileira corre contra o tempo para tentar classificar uma atleta na categoria aos Jogos Olímpicos de Tóquio. Ketelyn Nascimento, em 43º do ranking olímpico, foi derrotada pela tcheca Vera Zemanova no golden score. Já Jessica Pereira, 56ª, também caiu no golden score, diante da eslovena Kaja Kajzer.


Vale destacar que o judô brasileiro vem tendo um início de ano olímpico ruim. O Grand Slam de Tel Aviv é a segunda competição da temporada. A primeira foi o Masters de Doha, disputada em janeiro, e o Brasil conquistou apenas quatro vitórias em toda a competição, sendo que 15 atletas caíram na primeira luta.


Tentando apagar o retrospecto inicial negativo, a equipe brasileira retorna aos tatamis nesta sexta-feira para as disputas do segundo dia do torneio israelense, de extrema importância na corrida olímpica, distribuindo 1.000 pontos no ranking ao campeão. Cinco brasileiros entrarão em ação: Maria Portela (70kg), Eduardo Barbosa e David Lima (73kg) e João Macedo e Victor Penalber (81kg).


Surte +: Confira todas as chaves do Grand Slam de Tel Aviv e trace o caminho dos brasileiros


Foto de capa: Arquivo/Gabriela Sabau/IJF


Nenhum comentário:

Postar um comentário