STU National abre o calendário brasileiro de skate e valerá pontos para a corrida olímpica - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

STU National abre o calendário brasileiro de skate e valerá pontos para a corrida olímpica

Compartilhe
Foto: Pablo Vaz



O mais novo e um dos mais modernos skateparks do Brasil, localizado na cidade de Criciúma (SC), receberá dos dias 21 a 24 de janeiro os principais nomes do skate brasileiro e mundial, nas modalidades olímpicas Street e Park, seguindo um rígido protocolo de segurança sanitária para a disputa do STU National. A competição é responsável por abrir o calendário e o Ranking Brasileiro de skate no ano de preparação para os Jogos Olímpicos de Tóquio em 2021. Chancelado pela Confederação Brasileira de Skate (CBSk) e pela World Skate (WS), o STU National contará pontos no ranqueamento dos skatistas brasileiros na segunda janela de pontuação da corrida olímpica.


Skatistas brasileiros reconhecidos mundialmente como Pedro Barros, Murilo Peres, Luiz Francisco, Dora Varela, Yndiara Asp, Felipe Gustavo e Rayssa Leal são alguns dos nomes que ocupam hoje as primeiras posições do ranking mundial e estão confirmados na competição.


"É muito gratificante para a CBSk começar o ano com o retorno do Circuito Brasileiro, ainda mais valendo pontos para a corrida olímpica. Santa Catarina é um dos grandes centros do skate nacional e Criciúma tem um dos melhores complexos de skate do Brasil. É a certeza de um evento de altíssimo nível e extremamente importante nessa preparação para a estreia do skateboard nos Jogos Olímpicos", diz Eduardo Musa, presidente da CBSk.


Para a realização do evento, será utilizado o Protocolo STU Covid Free, desenvolvido pelo Dr. Carlos Wahle, coordenador médico da Plataforma STU, e que já foi aplicado com sucesso na etapa de São Paulo (dezembro/2020). O protocolo segue todas as diretrizes municipais, estaduais e da Organização Mundial da Saúde (OMS), frente ao combate da pandemia da Covid-19, e prevê a realização das competições no cenário de restrição máxima. Isto é, em uma área totalmente isolada, sem a presença de público espectador e somente com a participação dos skatistas competidores e o mínimo de staff necessário para a operação do evento. 


Além disso, outras medidas preventivas serão adotadas, como a testagem em massa de todos os integrantes do evento (competidores, staff etc), em um processo de triagem a ser realizado no primeiro dia de treinos; sanitização completa de todas as áreas de circulação de pessoas; aferição de temperatura em diferentes ambientes; uso de EPI´s obrigatórios por todos os profissionais; e o distanciamento mínimo obrigatório de todos os participantes.


O evento que nos últimos 3 anos foi realizado em Florianópolis, será realizado em Criciúma em função da nova estrutura de pistas inaugurada na cidade. Um dos complexos de skate mais modernos do país.


"Para o STU é muito gratificante abrir o ano já com uma competição de nível nacional e olímpico, reunindo os principais nomes do skate das duas modalidades. Ainda mais depois de um ano tão desafiador. O evento vai seguir todos os protocolos sanitários necessários, a fim de garantir uma competição segura para todos. Vale lembrar que em dezembro já iniciamos a aplicação do Protocolo STU Covid Free na etapa do STU de São Paulo e a competição aconteceu com sucesso", comenta Eduardo Quintes, Gestor Executivo da Plataforma STU.

Nenhum comentário:

Postar um comentário