Ranking Redes Sociais 2020: Atletas paralímpicos - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Ranking Redes Sociais 2020: Atletas paralímpicos

Compartilhe

 




Bem-vindo a terceira edição do ranking das redes sociais dos atletas! Assim como a edição do ano passado, o ranking é dividido em duas partes, com os atletas olímpicos e paralímpicos, que será apresentado nessa edição.

E como sempre, antes de visualizarmos a lista dos 50 atletas paralímpicos mais seguidos nas redes sociais, vamos falar as regras do nosso levantamento:

- A lista foi fechada no dia 10 de janeiro de 2021;

- Foram considerados aptos a participar de nossa lista atletas paralímpicos que atuaram em no mínimo uma edição de jogos Paralímpicos ou se esteve presente nos Jogos Parapan-Americanos de Lima em 2019;

- Foram analisados perfis de 172 atletas paralímpicos brasileiros que tinham um número mínimo de mil seguidores somados nas quatro redes sociais consultadas;

- Buscou-se, sempre que possível, perfil oficiais e verificados dos respectivos atletas no Instagram, Facebook (Apenas páginas de atletas, não foram contabilizados perfis pessoais com seguidores), Twitter e Youtube, independente de sua atualização constante ou não;

- Foram incluídos apenas atletas de esportes que fazem parte do programa paralímpico de Tóquio 2020(atletas do futebol de sete e da vela, presentes na Rio 2016 e fora de Tóquio 2020 não estão na lista. Já atletas do parabadminton e parataekwondo estão presentes);

- A lista poderá sofrer alguma alteração, já que a dificuldade em encontrar perfis de atletas paralímpicos é infinitamente maior do que os atletas convencionais e alguns perfis no Facebook, Twitter e Instagram não foram encontrados.


Sem mais delongas, vamos aos 50 melhores:




Considerações:

- Entre os 50 mais seguidos, 35 são homens e 15 mulheres (em 2019 o número era 34 homens e 16 mulheres)

- 13 Esportes foram representados na lista (Natação, Atletismo, Canoagem, Remo, Tênis CR, Tênis de mesa, Parataekwondo, Ciclismo, Basquete CR, Vôlei sentado, Judô, Futebol de 5 e Triatlo) cinco a menos do que no ano passado.


- Daniel Dias continua o atleta paralímpico mais seguido nas redes sociais. Mas ele é apenas o mais seguido no Facebook, onde tem quase 72 mil seguidores - Alan Fonteles e Veronica Hipólito completam o top3 de paralímpicos mais seguidos nessa rede social. 

E como Daniel Dias já anunciou sua aposentadoria após os jogos de Tóquio, teremos um novo primeiro lugar na próxima lista. quem será?

- Já no Instagram, rede mais usada por praticamente todos os paralímpicos da lista, a atleta com mais seguidores é Raíssa Machado (foto acima), do atletismo. A lançadora de dardo e modelo é única atleta nos critérios da lista que tem mais de 100 mil seguidores no Instagram. Daniel Dias e Lucas Mozela completam o top3 do Instagram.

- No Twitter, uma das redes sociais mais 'abandonadas' pelos atletas paralímpicos, quem é a mais seguida é a nadadora Edênia Garcia, com um pouco mais de 10 mil seguidores. Daniel Dias e Phelipe rodrigues, ambos da natação, fecham o top 3 da rede social.


- O YouTube é lugar de alguns canais capitaneados por atletas paralímpicos e que às vezes nem falam de esporte. O canal do arqueiro paralímpico Andrey Muniz é sobre carros e é o terceiro lugar na lista, com mais de 2.300 inscritos. Mas quem é a primeira colocada é o Canal de Carla Maia, que além de mesatenista, é repórter, dançarina e Miss Brasil cadeirante, com quase 2.600 inscritos e faz vídeos contando todas as suas carreiras, em busca de inspirar pessoas com deficiência.  O Canal 'Vai Curupira', dos também mesatenistas Guilherme Costa e Aloísio Lima, fecha o top3 na segunda colocação.

- Uma menção especial para Jair Henrique, atleta da classe F41 (Pessoas com nanismo) do atletismo. ele tem um bom número de seguidores no Instagram, mas é no TikTok que ele brilha, com mais de 1,3 milhões de seguidores, postando esquetes bem-humoradas sobre a vida de uma pessoa com nanismo 


Sexta-feira é a vez do atletas olímpicos, com 100 com mais seguidores nas redes sociais!


Fotos: Ale Cabral/CPB e reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário