Primeira etapa masculina do ano no Circuito Mundial de Vôlei de Praia tem duplas pensando também no futuro - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Primeira etapa masculina do ano no Circuito Mundial de Vôlei de Praia tem duplas pensando também no futuro

Compartilhe



Depois da etapa feminina na última semana, agora é a vez da temporada masculina do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia ser reiniciada. Entre os dias 28 e 31 de janeiro, em Saquarema (RJ), recebe a sexta etapa masculina da temporada 20/21, com algumas parcerias também pensando no futuro, como no caso das duplas olímpicas. A competição começa a partir de quinta-feira (28), com a disputa do qualifying, onde 28 duplas se enfrentam em partidas eliminatórias pelas oito vagas ainda disponíveis na chave principal.

Assim como acontece desde a quarta etapa a chave principal terá a presença de 24 duplas divididas em seis grupos com quatro parcerias cada. Serão 16 destas classificadas de forma direta em razão do ranking, e mais oito vindas do qualifying.

Vencedores da quinta etapa, em dezembro, e segundo colocados do ranking, Evandro e Bruno Schmidt (DF/RJ) chegam à competição embalados pelo bom resultado, apesar de ainda estarem recuperando o ritmo no início de ano.

“Feliz que terminamos a última etapa ganhando e já vamos iniciar o ano com essa primeira etapa. Sabemos que não estamos com nosso nível físico excelente, nosso nível físico melhor de todos, mas é etapa e queremos ganhar como sempre. Estamos indo ainda com algumas restrições de parte física, parte técnica, mas vamos com tudo. Não sabemos entrar e não dar nosso máximo. Vamos dar nosso máximo e queremos sim ganhar a etapa”, afirmou Evandro.

Além do bom momento, os dois têm ainda outra motivação para o ano. A dupla será uma das representantes do Brasil nos Jogos Olímpicos, assim como Alison/Alvaro Filho (ES/PB), e, apesar das incertezas que rondam as Olimpíadas de Tóquio, está encarando a preparação em 2021 de uma maneira diferente.

“É um ano especial, um ano olímpico, um ano diferente, um ano de preparação diferente e de cabeça diferente. E é assim que eu e Bruno estamos, nos preparando muito bem, para que tudo corra bem. Ainda tem dúvida, mas tenho certeza de que os Jogos Olímpicos acontecerão esse ano, e eu e Bruno Schmidt vamos chegar muito bem”, completou.

Como aconteceu na etapa feminina, 2021 terá a estreia de novas duplas no torneio masculino. Ausente nas três últimas etapas de 2020, Pedro Solberg retorna para jogar ao lado de Arthur Lanci, que faz planos para além do Circuito Brasileiro.

“Foi nosso primeiro treino junto na terça-feira e eu, particularmente, estava muito nervoso por poder estar jogando com ele, mas deu tudo certo. Ele deu uma parada no fim do ano, mas está bem preparado. Nossa expectativa é boa, a dupla encaixou bem no treino. E só estou esperando coisa boa, esperando fazer um bom torneio e só melhorar”, disse Arthur Lanci, explicando que a ideia de jogarem juntos não é recente.

“Ele estava sem parceria, eu tinha jogado as duas últimas etapas com o Moisés só para fechar o ano. Estou querendo rodar o Circuito Mundial e ele tem muita experiência nisso. Ele já tinha me convidado antes, a gente já tinha pensado nessa parceria há algum tempo, por isso a expectativa é boa”, contou.

A lista das 16 parcerias já garantidas na chave principal inclui George/André (PB/ES), Evandro/Bruno Schmidt (RJ/DF), Alison/Alvaro Filho (ES/PB), Guto/Arthur (RJ/MS), Renato/Adrielson (PB/PR), Arthur Lanci/Pedro Solberg (PR/RJ), Fabio/Saymon (CE/MS), Vinicius/Vitor Felipe (ES/PB), Marcus/Felipe Cavazin (RJ/PR), Thiago/Oscar (SC/RJ), Allison Francioni/Matheus (SC/SE), Hevaldo/Adelmo (CE/BA), Jô/Bruno (PB/AM), Vinicius/Maia (RJ), Bernardo Lima/Eduardo Davi (CE/PR), Harley/Moises (DF/BA).

Qualifying define os últimos classificados na quinta-feira

O primeiro dia de competição da sexta etapa masculina será reservado à fase de classificação, o qualifying, com 28 duplas com menor pontuação no ranking. Nesta parte do torneio as duplas jogam em sistema de eliminatória simples e as oito vencedoras na última rodada se classificam. As partidas começam às 8h e todas contarão com transmissão ao vivo nos canais oficiais da CBV.

As duplas inscritas neste qualifying são: Fernandão/Rafa (ES/PR), Luciano/Leo Vieira (ES/DF), Miguel/Patrick Colombo (MS/PR), Lipe/Anderson Melo (CE/RJ), Alvaro Andrade/Rafael (SE/PB), Marcio Gaudie/Averaldo (RJ/TO), Luccas Amorim/Leo Gomes (DF/RJ), Luccas Lima/Júlio Cesar (SP), Pedro/Gabriel Gouveia (PB/RJ), Lucas Sampaio/João Pedro (RJ), Felipe/Jefferson (DF/CE), Gabriel Santiago/Johann (DF/RJ), Gabriel Mussi/Lucas Lippi (RJ), Mateus Dultra/Gabriel Zuliani (CE/PR), Romildo/Igor Borges (DF/RJ), Jean/Oldair (MS/MG), Thayan/Negugu (RJ), Nilton/Rafa (RO/PR), Tiago Castilhos/Gustavo (SP), Manaus/Tony (AM/SC), Bruno Amorim/Ferramenta (SP/RJ), Pablo/Edson (MA), Thiego/Gustavo (PB/CE), Andre Milhomem/Fabiio (DF/GO), Benhur/Matheus Santos (ES), David/Alessandro (BA/MA), Nico/Samuel (SC), João Victor/Isac (DF/PB).

Foto: INOVAFOTO/CBV

Nenhum comentário:

Postar um comentário