Ministério dos Esportes da Grécia abre investigação após campeã olímpica da vela denunciar abuso sexual - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Ministério dos Esportes da Grécia abre investigação após campeã olímpica da vela denunciar abuso sexual

Compartilhe


O Ministério dos Esportes da Grécia solicitou às autoridades judiciais, a abertura de uma investigação sobre a denúncia feita por Sofia Bekatorou, iatista campeã olímpica em Atenas 2004, que revelou ter sofrido abuso sexual por um funcionário do departamento esportivo do país, em 1998. 

A denúncia foi feita durante uma conferência online organizada pelo ministério na última semana. Sem revelar nomes, Bekatorou afirmou que não contou sobre o abuso na época por temer que o caso prejudicasse sua carreira e criasse uma divisão dentro da equipe grega. 

Apesar dos títulos mundiais e da medalha de ouro olímpica em casa, Bekatorou contou que os anos seguintes ao abuso foram os mais difíceis de sua vida. 

“Neste período, alcancei reconhecimento do meu país na vela, mas perdi o valor mais precioso da minha personalidade: amar a mim mesma”. 

A Federação Helênica de Vela solicitou que Bekatorou fosse mais específica sobre o teor da denúncia e garantiu que tomará providências assim que receber mais informações. 

O membro do COI e chefe do Comitê Olímpico Helênico, Spyros Kapralos manifestou seu apoio à Bekatorou. “Precisamos ter um ambiente esportivo seguro, ético, decente e puro”, disse o dirigente me nota no último sábado (16). 

Foto: Reprodução


Nenhum comentário:

Postar um comentário