Itália aprova decreto que garante autonomia do Comitê Olímpico Nacional e afasta sanção do COI - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Itália aprova decreto que garante autonomia do Comitê Olímpico Nacional e afasta sanção do COI

Compartilhe

A Itália aprovou nesta terça-feira (26), um decreto que garante a autonomia do comitê olímpico do país, afastando assim a possibilidade de algum tipo de sanção por parte do Comitê Olímpico Internacional (COI), após supostas interferências do governo dentro da entidade. 

Recentemente o COI ameaçou banir a bandeira e o hino italiano dos Jogos Olímpicos de Tóquio por causa de um projeto de lei que entregaria o poder sobre o financiamento esportivo a um órgão governamental, ao invés do Comitê Olímpico Nacional Italiano (CONI). 

Para evitar tais problemas, o país garantiu a autonomia da entidade com o que chamou de “medidas urgentes em relação à organização e funcionamento do CONI.

 “Para garantir o pleno funcionamento do Comitê Olímpico Nacional Italiano e sua autonomia e independência como membro do Comitê Olímpico Internacional (COI), o texto dá ao CONI sua própria dotação orgânica de pessoal, incluindo gestão”, disse o governo.

Rapidamente o chefe do CONI, Giovanni Malago, entrou com contato com o COI para informar sobre as garantias fornecidas pelo governo 

Nos últimos anos, países como Índia, Kuwait e Gana sofreram ameaças do COI devido interferências do governo dentro dos comitês olímpicos nacionais. 

Foto: Reprodução


Nenhum comentário:

Postar um comentário