Golfista argentino Angel Cabrera é preso no Rio por agredir ex-mulheres - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Golfista argentino Angel Cabrera é preso no Rio por agredir ex-mulheres

Compartilhe

O golfista argentino Angel Cabrera foi preso na última quinta-feira (14) por policiais federais do Rio de Janeiro. Ele fazia parte da lista de difusão vermelha da Interpol e é acusado de agredir e ameaçar suas ex-mulheres, além de também responder por furto e desobediência às autoridades. De acordo com a Polícia Federal, os crimes foram cometidos entre 2016 e 2020. 

Foragido, o agressor foi aos Estados Unidos no ano passado, disputar alguns torneios de golfe. Ele acabou passando por uma cirurgia em uma das mãos, mas mesmo assim precisou fugir novamente, já que seu visto para turismo tinha acabado, desembarcando no Brasil em 31 de dezembro. 

O Supremo Tribunal de Justiça de Córdoba, na Argentina, irá protocolar o pedido de extradição de Cabrera, que deve ser atendido em alguns dias. A corte já havia negado recentemente um pedido do golfista para regressar à cidade e testemunhar em liberdade. 

De acordo com Carlos Nayi, advogado de Cecilia Torres Mana, uma das ex-esposas de Cabrera e vítima de agressão, o golfista "é capaz de cometer qualquer barbárie". 

"Ele ameaça as vítimas e se recusa a se render. Tire suas conclusões", disse em entrevista ao jornal argentino Clarín

Cabrera foi campeão do US Open em 2007 e do Masters em 2009

Foto: Jack Gruber/USA Today 

Nenhum comentário:

Postar um comentário