Em dia de forte calor, fase de grupos define as oitavas da sexta etapa do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

Em dia de forte calor, fase de grupos define as oitavas da sexta etapa do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia

Compartilhe



A sexta-feira (29) em Saquarema (RJ) foi marcada pelo forte calor e jogos equilibrados no torneio masculino da sexta etapa Open do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia 20/21. Ao longo de todo o dia o termômetro esteve acima dos 30 graus, e a temperatura dentro de quadra era ainda mais quente com as 24 duplas em busca de uma vaga nas oitavas de final. Após 24 partidas realizadas, 16 times seguiram na competição, entre eles as duas duplas olímpicas do Brasil e parcerias estreantes.

A definição dos classificados foi feita da seguinte forma: as duplas que venceram os dois compromissos no dia saíram em primeiro nos respectivos grupos. Aqueles que levaram a melhor no primeiro jogo, mas foram superados no segundo, terminaram na segunda posição e seguem na disputa. A lista se completa com os quatro melhores terceiros colocados.

O primeiro grupo a definir as colocações foi o B. Os representantes olímpicos do Brasil, Evandro e Bruno Schmidt (RJ/DF), venceram Vinicius Cardozo/Maia (RJ) por 2 sets a 0 (21/19 e 21/17), e ficaram em primeiro. No grupo A, a liderança ficou com a dupla Hevaldo e Adelmo (CE/BA), que levou a melhor sobre André/George (ES/PB) por 2 sets a 0 (21/15 e 22/20). Esta foi a terceira etapa que Hevaldo e Adelmo jogam juntos, e o experiente atleta do Ceará demonstrou satisfação com o desenvolvimento da dupla.

“Eu e o Adelmo estamos muito felizes, não com o resultado, mas com nossa apresentação em si. Acho que jogamos bem, consistentes. Obviamente tivemos alguns erros, eles (George/André) também tiveram erros, estava muito difícil jogar de um dos lados por causa do sol, que estava na cara, e você só enxerga a bola em cima de você. Felizmente a gente fez um pouco da diferença. O Adelmo me ajudou muito. Estou muito feliz com as escadas que a gente está subindo. Nosso objetivo é conseguir jogar bem, independentemente do resultado, jogar nosso melhor, e aí o resultado vem com o tempo. Estou feliz de jogar do lado dele, é um menino que quer, que está disposto, que não reclama de treino. Ele está indo pelo caminho certo, está focado, trabalhando”, contou Hevaldo.

O grupo D teve Guto/Arthur Mariano na liderança depois que a dupla superou Fernandão/Rafa (ES/PR) por 2 sets a 0 (21/19 e 28/26). A outra parceria que representará o país nos Jogos em Tóquio, Alison e Álvaro Filho (ES/PB), ficou em primeiro no grupo C com a vitória sobre Bernardo Lima/Eduardo Davi (CE/PR) por 2 sets a 0 (21/14 e 22/20). Após a partida Alison comentou sobre o primeiro dia de disputa no ano olímpico, às vésperas da chegada de Catarina, primeira filha do capixaba campeão olímpico na Rio 2016.

“O ano de 2021 não será tão bom para muita gente, em razão de toda a situação em que estamos vivendo. Mas estou feliz como momento pessoal que estou vivendo ao lado da minha esposa, a expectativa da chagada da minha filha. É algo diferente do meu esporte, pois não tenho controle da situação. E vivendo uma evolução ao lado do Álvaro, esse crescimento em um ano muito importante para nós como atletas e como time. Começamos bem o torneio, e no masculino não podemos nos distrair, senão somos engolidos”, contou Alison.

Renato e Adrielson (PB/PR) conquistaram a primeira colocação do grupo E ao passarem por Vinícius/Vitor Felipe (ES/PB) por 2 sets a 0 (21/14 e 21/17). No grupo F quem ficou na liderança foi Saymon/Fábio (MS/CE) que superou Léo Gomes/Luccas Amorim (RJ/DF) por 2 sets a 0 21/16 e 22/20). Saymon e Fábio retomaram a dupla sete anos depois de terem jogado juntos nas categorias de base (sub-21 e sub-23). Fábio falou sobre a parceria e o amadurecimento de ambos após o período que jogaram com outros atletas.

“Eu e o Saymon somos muito amigos, jogamos juntos na categoria de base, e isso ajuda muito dentro da quadra. A gente sabe onde vai atacar, como vai pedir a bola, e isso ajuda muito no nosso entrosamento. Agora a gente está focando em melhorar mais o nosso time, e a gente sabe que tem muito para melhorar. A gente está bem mais maduro, consegue lidar melhor com as situações que acontecem dentro do jogo. Antes era imaturo, era muita energia, e agora a gente consegue saber o caminho melhor que a gente tem que fazer. Mas a amizade continua a mesma”, explicou Fábio.

Os times classificados para as oitavas em segundo lugar nos grupos são: André/George (ES/PB), Bernardo Lima/Eduardo Davi (CE/PR), Léo Gomes/Luccas Amorim (RJ//DF), Vinícius Cardozo/Maia (RJ), Fernandão/Rafa (ES/PR) e Vinícius/Vítor Felipe (ES/PB). Os melhores terceiros colocados foram Allison Francioni/Matheuszinho (SC/SE), Pedro Solberg/Arthur Lanci (RJ/PR), Oscar/Thiago (RJ/SC) e Bruno/Jô (AM/PB).

Foto: INOVAFOTO/CBV

Nenhum comentário:

Postar um comentário