Egito vence mais um time europeu no Mundial de Handebol; França e Suécia seguem invictas - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Egito vence mais um time europeu no Mundial de Handebol; França e Suécia seguem invictas

Compartilhe
França Islândia Mundial Handebol 2021 Egito

O início da segunda rodada da segunda fase de grupos do Mundial de Handebol, disputado no Egito nesta sexta-feira (22), trouxe muitos jogos decididos no último instante e nenhuma equipe com classificação garantida para as quartas. França e Suécia mantiveram suas invencibilidades, mas nem as cinco vitórias em cinco jogos da França garantiram uma vaga entre os oito times. Enquanto isso, o país-sede, Egito, tenta repetir o roteiro do Mundial de 2019 e ser a única seleção não-europeia nas quartas.

O Grupo IV, disputado em Cairo, está tão embolado que os confrontos da última rodada serão autênticas oitavas-de-final, em dois duelos diretos que o vencedor se garante entre os oito melhores times do mundo. Nesta sexta-feira, pela penúltima rodada da fase classificatória, o Egito conseguiu mais uma vitória tranquila sobre Belarus, por 35 a 26. Os donos da casa seguem sendo os únicos não-europeus baterem um time do velho continente e já fizeram isso três vezes neste mundial: além de Belarus, venceram Macedônia do Norte na primeira fase e Rússia no jogo inaugural da segunda.

Líder do grupo, a Suécia se contentou com um empate contra a Eslovênia. O time da Escandinávia quatro vezes campeão do mundo – a última vez ali mesmo no Egito em 1999 – vencia quando o país dos bálcãs conseguiu um empate nos últimos segundos fechando o placar em 28 a 28. Os atletas representando a Federação Russa de Handebol - já que a Rússia não pode jogar com seu uniforme e bandeira em campeonatos mundiais - conseguiram uma vitória sem sustos diante da Macedônia do Norte, por 32 a 20.

No domingo, dia 24, Belarus e Macedônia do Norte abrem a rodada com um jogo de consolação às 11:30 pela última rodada. Às 14h, Egito tenta furar o bloqueio europeu e uma segunda classificação seguida para as quartas em mundiais enfrentando a Eslovênia, enquanto Suécia e Federação Russa e Handebol fecham às 16:30.

Com os resultados desta sexta, Suécia e Egito estão na zona de classificação com 6 pontos (Suécia lidera por conta da vitória direta) enquanto Rússia e Eslovênia estão com 5. Os times que vencerem nos confrontos Eslovênia x Egito e Rússia x Suécia classificam-se automaticamente para as quartas. Egito e Suécia jogam pelo empate na última rodada.

Egito vence jogo Ahmed Hesham MVP
Ahmed Hesham é parabenizado pelos colegas ao ser escolhido o Melhor Jogador da Partida (MVP) em partida que deixa o Egito a um empate das quartas-de-final no Mundial


Já o Grupo III, disputado na cidade Seis de Outubro, a 32km do centro de Cairo, está mais embolado ainda. Portugal começou a rodada desta sexta com uma vitória nada fácil diante da Suíça, por 33 a 29. Mais apertado ainda foi o confronto entre França e Islândia, com vitória dos franceses por 28 a 26. No complemento da rodada, a Noruega passou sem sufoco pela Argélia, por 36 a 23.

Os resultados do dia eliminaram as três nações que perderam, mas deixaram o resultado final do grupo ainda indefinido. França lidera com 8 pontos, enquanto Noruega e Portugal aparecem em segundo com 6. A última rodada abre com Suíça e Argélia jogando pela última vez na competição; segue com confronto escandinavo entre Noruega e Islândia e termina com Portugal e França que jogam já sabendo do que precisam fazer para se classificar. Um empate dá a liderança do grupo para França, enquanto Portugal se classifica com simples vitória contra a França.

Em caso de empate ou derrota da Noruega, a França se classifica e Portugal precisa de uma vitória ou empate, respectivamente, para avançar - ou seja, um resultado superior àquele da Noruega. Por sua vez, a Noruega, vice-campeã em 2017 e 2019 não tem mais chances de ser a líder do grupo. Ainda que possa se classificar em caso de empate ou derrota, uma vitória também não garante nada para o time que vai ficar ligado no confronto entre França e Portugal: em caso de vitória, se classifica exceto se Portugal vencer por 6 gols ou menos de diferença. 


Portugal Suíça
Com a vitória diante da Suiça nesta sexta-feira, Portugal depende apenas de si para alcançar quartas inéditas em Mundial, mas para isso precisa derrotar a França que acumula 5 vitórias em 5 jogos


Com vitória de Portugal e Noruega, forma-se o cenário dos sonhos dos fãs de estatísticas, com um triplo empate com 8 pontos e uma vitória para cada nos confrontos diretos. O critério então passa a ser saldo de gols nos jogos disputados entre si. Noruega perdeu por 24 a 28 para a França e venceu por 29 a 28 Portugal, tendo saldo final de -3 (53 a favor, 56 contra). Portugal que tem saldo provisório de -1 teria um número melhor do que este, não importando a vantagem alcançada e classificaria. A França se classifica mesmo se perder por até 6 gols (saldo final -2). Em caso extremo de vitória da Noruega e de Portugal por 7 gols de diferença, os três times empatam no salto e a França precisa ter marcado 25 gols no jogo para se classificar. A França foi campeã seis vezes da competição, enquanto a melhor classificação de Portugal na história foi o 12º lugar, quando sediou em 2003 e este ano no mínimo igualará tal marca.


No Grupo II da Copa do Presidente, disputado na Nova Capital Administrativa, com os times eliminados da primeira fase, Marrocos venceu Coreia do Sul por 32 a 25 e Áustria venceu o Chile de virada, por 33 a 31, garantindo lugar na disputa do 25º lugar, contra o vencedor do grupo I.


Jogos do domingo

A segunda rodada da segunda fase do Mundial de Handebol terá continuidade com os jogos do Grupo I e Grupo II. No primeiro, Hungria e Espanha podem se classificar antecipadamente se ambas vencerem Uruguai, e Polônia, respectivamente. Às 16h30, Brasil e Alemanha correm o risco de se enfrentar já matematicamente eliminados; se não, precisam exclusivamente de um triunfo para se manterem na disputa do título.

No grupo II, Catar abre a rodada enfrentando a já eliminada Bahrain, enquanto Dinamarca e Croácia também podem garantir vaga antecipada nas quartas em caso de vitórias simples diante de Japão e Argentina, respectivamente.

Fotos: IHF/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário