Dominic Thiem: “Quarentena de Adelaide não é diferente de Melbourne” - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Dominic Thiem: “Quarentena de Adelaide não é diferente de Melbourne”

Compartilhe

Atual número 3 do mundo e campeão do US Open de 2020, o austríaco Dominic Thiem comentou sobre uma das maiores polêmicas durante a preparação para o Australian Open: a quarentena na cidade de Adelaide, local que recebeu apenas seis tenistas, para um torneio exibição no fim de janeiro. De acordo com o atleta, não há uma grande diferença em comparação ao tipo de isolamento feito em Melbourne, pela maioria dos jogadores.

“É um privilégio estar aqui em Adelaide. Mas não é uma vantagem tão grande”, disse o austríaco ao jornal inglês The Guardian. “Nós temos a mesma quantidade de tempo de treino que os caras de Melbourne. Não é tão ocupado no local, já que temos menos jogadores aqui”.

“Mas em comparação com os jogadores que não estão em quarentena pesada em Melbourne, temos condições bastante semelhantes”, reiterou Thiem. 

Além de Thiem, apenas Ashleigh Barty, Naomi Osaka, Serena Williams, Novak Djokovic e Rafael Nadal estão cumprindo os 14 dias de quarentena obrigatória em Adelaide.

Já o número 1 do mundo, Novak Djokovic tem aparecido regularmente para os fãs na sacada de seu quarto, e apesar de não poder se preparar para um Grand Slam de forma tradicional, não têm se queixado muito do que tem vivido em Adelaide. 

“A primeira coisa que farei na sexta-feira de manhã, vou correr direto para um parque e só vou passar uma hora lá”, disse Djokovic à rádio local Mix 102.3. Os tenistas sem suspeitas de coronavírus podem ficar até cinco horas fora do quarto efetuando treinamentos.

“Honestamente, tem sido uma boa experiência até agora estar em quarentena na Austrália”, concluiu o sérvio. 

Foto: Sky Sports


Nenhum comentário:

Postar um comentário