CBF mantém sueca Pia Sundhage até Paris 2024 à frente da seleção brasileira feminina de futebol - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

CBF mantém sueca Pia Sundhage até Paris 2024 à frente da seleção brasileira feminina de futebol

Compartilhe


Pia Sundhage e presidente da CBF Rogério Caboclo em anúncio de renovação de contrato até Paris 2024

A Confederação Brasileira de Futebol anunciou, nesta quinta-feira (28), que a técnica Pia Sundhage renovou seu contrato até o ciclo olímpico de Paris 2024. O anúncio foi feito pelo presidente da CBF, Rogério Caboclo, antes da convocação da seleção brasileira para o torneio She Believes, em fevereiro.

Caboclo disse conversar com Pia para antecipar a extensão do vínculo iniciado em julho de 2019 e que teria término em agosto. A sueca de 60 anos vai comandar a seleção brasileira nos Jogos Olímpicos de Tóquio, e permanecerá durante a Copa do Mundo de 2023, na Austrália e Nova Zelândia, e os Jogos Olímpicos de Paris 2024.

"Estamos muito satisfeitos e convencidos do trabalho que vem sendo desenvolvido pela Pia e comissão técnica do Brasil. Os números falam por si. A pia teve 72% de aproveitamento e tem feito um trabalho digno de aplausos", exaltou Caboclo.

"Na verdade eu estou emocionada, meu coração está batendo forte. Eu fiquei apaixonada pelo país, por essa gente e o futebol", disse Pia. 

Pia é natural de Ulricehamn e tem três medalhas olímpicas: ouro com a seleção norte-americana em Pequim 2008 e Londres 2012, além da prata com a seleção sueca na Rio 2016. Em 2012, Pia também foi eleita pela FIFA como a treinadora do ano. 

Foto em destaque: Lucas Figueiredo/CBF

Nenhum comentário:

Postar um comentário