Usando máscara em todas as rodadas, Kim A-lim conquista o título do US Women's Open de golfe

 

Em plena pandemia de coronavírus, que volta a apresentar grande número de infecções e mortes, a campeã do US Women's Open foi uma golfista que usou máscara de proteção durante todo o torneio: a sul-coreana Kim A-lim. Este foi o primeiro Major (os cinco torneios mais importantes deste esporte no feminino) disputado pela atleta de 25 anos, além de ser seu primeiro grande título na carreira.


Com 281 tacadas (68-74-72-67), ela superou a atual número 1 do mundo, sua compatriota Jin Young Ko e a estadunidense Amy Olson, que ficaram apenas uma jogada atrás da campeã. 


Mas para garantir o inesperado título, Kim fez três birdies seguidos nos últimos três buracos do campo, algo fundamental enquanto as adversárias não tiveram o mesmo desempenho. Vale ressaltar, a sul-coreana entrou na última rodada do US Women's Open cinco tacadas atrás da liderança


O título garantiu à Kim uma escalada de 64 posições no ranking mundial de golfe feminino, saltando da 94ª colocação, para o 30º, seu melhor posicionamento na classificação.


Após a conquista do US Women's Open, Kim explicou o uso de máscara de proteção mesmo durante as partidas no torneio. "Sempre que treino, geralmente uso uma máscara, então estou meio acostumada. Posso obter testes positivos para COVID-19, mas não quero afetar outras pessoas, jogadores, um caddie que está dentro do grupo, então é por isso que uso a máscara durante toda a rodada”.


“Ainda não consigo entender que sou a campeã, mas é diferente vencer o torneio aqui”, disse Kim, que joga principalmente no LPGA da Coreia e que precisou de um intérprete durante as entrevistas. “Na Coreia, o estilo e o ambiente são diferentes. Foi uma grande vitória”.


O resultado fez de Kim a nona coreana a conquistar o Aberto dos Estados Unidos nos últimos 13 anos


Foto: Reprodução/Golfdigest


Comente

Postagem Anterior Próxima Postagem