Record desiste de transmitir os Jogos Pan-Americanos de 2023; PanAm Sports abre processo



A Record TV abriu mão do contrato de detentora dos direitos de transmissão dos Jogos Pan-Americanos de 2023. A informação é do site Inside the Games, confirmada pela Pan-Am Sports.


A emissora brasileira era a responsável por vender os direitos de transmissão dos Jogos para os outros países. Ela começou a mostrar o Pan desde 2007 e a partir de 2011 até 2019 se tornou a única emissora detentora dos direitos do evento no país em TV aberta.


De acordo com a Record, os efeitos da pandemia da COVID-19 e o desequilíbrio entre Real e Dólar foram decisivos para a decisão de abrir mão do contrato.


Ainda de acordo com a PanAm Sports, a Record deixou de pagar 9.8 milhões de dólares (49 milhões 942 mil e 760 reais), incluídos 4.8 milhões atrasados referentes a Lima 2019, parcela que venceria esse ano.


O secretário geral da entidade, Ivar Sisniega, admitiu que a quebra do contrato foi um golpe duro nas finanças e que está processando a emissora de tv.


Sisniega disse que: "A situação com a emissora chegou ao fim. Ela nos informou no meio do ano."


"Certamente é um golpe duro nas finanças. Abrimos processo no Brasil e estamos acompanhando o andamento."


"Colocamos novamente os direitos no mercado", completou o dirigente.


Foto: Reprodução

Comente

Postagem Anterior Próxima Postagem