Edição de 2020 do Troféu Brasil de Atletismo reunirá 770 atletas





O Troféu Brasil de Atletismo, que comemora 75 anos, recebeu a inscrição de 770 atletas, de 130 clubes, representando 23 Estados e o Distrito Federal. Os números são surpreendentes e revelam a força do esporte, mesmo num ano totalmente atípico por causa de pandemia da COVID-19, que foi um desafio e tanto para todos os integrantes da comunidade do atletismo nacional. 


A competição, considerada a principal interclubes da América Latina, será disputada de 10 a 13 de dezembro, inicialmente no Estádio do Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa (COTP), em São Paulo, e reunirá a maioria dos grandes atletas do País nos quatro dias de disputas. 


O Pinheiros, um dos principais clubes poliesportivos do Brasil, tentará a quinta vitória consecutiva. A Confederação Brasileira de Atletismo, organizadora do Troféu Brasil, recebeu nada menos do que a inscrição de 63 atletas da equipe paulistana, incluindo destaques como Darlan Romani (peso), Paulo André de Oliveira (100 m), Aldemir Gomes Junior (200 m), Alison Santos (400 m com barreiras), Gabriel Constantino (110 m com barreiras) Augusto Dutra (vara), Vitória Rosa (200 m) e Érica Sena (20 km marcha atlética), todos qualificados para os Jogos Olímpicos de Tóquio-2021. 


No ano passado, em Bragança Paulista (SP), o Pinheiros manteve o favoritismo e conquistou mais um título do Troféu Brasil. O clube paulistano somou 550,5 pontos na classificação geral. O Pinheiros ganhou ainda na categoria masculina, com 334,5 pontos, e na feminina, com 216. 


A Orcampi (SP), que recentemente venceu os Brasileiros Sub-20 e Sub-18 de 2020, ficou em segundo lugar no masculino (142 pontos), no feminino (177) e no geral (319 pontos) no Trofpeu Brasil de 2019. O IEMA (SP) terminou em terceiro lugar no geral, com 129,5, seguido do Memorial (SP), com 94, e da UCA (SC), com 84 pontos. Dos 117 clubes participantes, 80 marcaram pontos.


Foto: CBAt/Wagner Carmo

Comente

Postagem Anterior Próxima Postagem