Dominante, Egito leva todos os seus atletas ao pódio no Campeonato Africano de Judô - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Dominante, Egito leva todos os seus atletas ao pódio no Campeonato Africano de Judô

Compartilhe


Foi encerrado neste sábado (20), em Antananarivo, no Madagascar, a 26ª edição do Campeonato Africano de Judô. Sem a presença da delegação completa da Tunísia, uma das potências da modalidade no continente, a competição contou com categorias esvaziadas, mesmo distribuindo importantes pontos para a corrida olímpica de Tóquio 2020. O Egito foi o líder do quadro geral de medalhas, com nove pódios.


Todos os nove atletas da equipe egípcia - todos homens - que viajaram a Madagascar conquistaram medalhas. Foram cinco ouros, duas pratas e dois bronzes. O grande destaque ficou por conta de Ramadan Darwish, sétimo colocado na Rio-2016, que conquistou o ouro entre os meio-pesados e praticamente carimbou seu passaporte aos Jogos de Tóquio. 


Outro grande nome egípcio na competição foi Mohamed Abdelmawgoud, que triunfou na categoria mais cheia da competição, a até 66kg, composta por 19 atletas. Sétimo colocado no Mundial de 2019, ele venceu quatro lutas para conquistar o ouro, incluindo o compatriota Ahmed Abelrahman, que foi à Olimpíada do Rio entre os ligeiros, na decisão. Os bronzes ficaram com Imad Bassou (MAR) e Steven Mungandu (ZAM).   


Marrocos e Argélia ficaram, respectivamente, na segunda e terceira colocações no quadro geral de medalhas. As duas delegações também garantiram 100% de aproveitamento, com pódios para todos os seus atletas. Marrocos ficou com um ouro, cinco pratas e dois bronzes, enquanto a Argélia levou um ouro, três pratas e dois bronzes.


Entre outros destaques do campeonato, a República Democrática do Congo conquistou sua primeira medalha na história da competição, com Marie Branser na categoria meio-pesada feminina. Única representante do país nesta edição, ela venceu três lutar para ficar com o título. Outros países a subirem ao pódio pela primeira vez foram Burundi e Cabo Verde, ambos com medalhas de bronze.


Foto de capa: African Judo Union

Nenhum comentário:

Postar um comentário