ATP Cup anuncia lista reduzida de países classificados para edição 2021 - Surto Olímpico

Pesquisar:

Arquivo do blog

Últimas Notícias

ATP Cup anuncia lista reduzida de países classificados para edição 2021

Compartilhe





Foto: ATP Tour




A ATP Cup, competição entre países que serve de preparação para o Australian Open, anunciou nesta quarta-feira (30), a lista de seleções que disputarão o evento em 2021. Devido à pandemia de coronavírus e as medidas restritivas adotadas pelo governo australiano na região de Melbourne, o número de nações participantes, nesta que será a segunda edição do torneio, caiu de 24 para 12.





O método de qualificação para o evento tem como base o posicionamento no ranking mundial da ATP de cada jogador de simples melhor classificado dos países.





Isso significa que, entre os 12 países participantes da ATP Cup em 2021, estão: Sérvia (Novak Djokovic, número 1), Espanha (Rafael Nadal, número 2), Áustria (Dominic Thiem, número 3), Rússia (Daniil Medvedev, número 4), Grécia (Stefanos Tsitsipas, número 6), Alemanha (Alexander Zverev, número 7), Argentina (Diego Schwartzman, número 9), Itália (Matteo Berrettini, número 10), Japão (ranking protegido), França (Gael Monfils, número 11) e Canadá (Denis Shapovalov, número 12), como as 11 melhores representadas no ranking mundial. A Austrália, anfitriã do torneio recebeu um convite para completar as 12 nações participantes.





Vale ressaltar que, apesar de Roger Federer ser o quinto colocado no ranking mundial, a Suíça não se classificou para a ATP Cup, devido à desistência do mesmo, que deverá retornar às quadras só depois do Australian Open. Com isso o melhor tenista suíço elegível para a competição seria Stan Wawrinka, atual 18º, posição que não garante o país no torneio.





Com Thiago Monteiro, melhor tenista brasileiro no ranking mundial, ocupando a 86ª colocação, o Brasil ficou longe da vaga na ATP Cup, sequer figurando entre os 20 principais países. Além da Argentina, classificada, a lista contou com o Chile (na 16ª posição, não qualificado), entre os melhores representantes da América do Sul.





O sorteio para definir os confrontos de primeira fase será realizado em janeiro, de acordo com a ATP. Com o formato reduzido, o regulamento é o seguinte: quatro grupos com três nações cada. Os quatro campeões de cada grupo avançam para as semifinais do campeonato.





O torneio estreou no calendário do tênis masculino em janeiro de 2020 e teve na decisão o confronto entre Sérvia e Espanha, vencido pelo país de Djokovic.





Em 2021 o evento foi remanejado entre os dias 1 e 5 de fevereiro, como medida para que os tenistas possam entrar em segurança na Austrália, cumprindo com todos os protocolos de saúde adotados pelo governo local por causa da pandemia.


Nenhum comentário:

Postar um comentário