Após promoção para o 6º dan, medalhistas olímpicos Sarah Menezes e Leandro Guilheiro anunciam aposentadoria - Surto Olímpico

Anúncio

Anúncio
Se inscreva em nosso canal!

Após promoção para o 6º dan, medalhistas olímpicos Sarah Menezes e Leandro Guilheiro anunciam aposentadoria

Compartilhe


Após a cerimônia de graduação ao 6º dan (Kodansha)  na última terça (17), os judocas Sarah Menezes e Leandro Guilheiro anunciaram a aposentadoria da seleção de judô.  Sarah foi campeã olímpica em Londres 2012 - primeira brasileira a conquistar o ouro no judô - e Leandro é dono de duas medalhas de bronze em olimpíadas - Atenas 2004 e Pequim 2008. Além deles, Carlos Honorato, Flávio Canto e Tiago Camilo foram promovidos.


"Para mim, essa promoção é uma honra. Fico muito feliz e consigo relembrar do meu início no judô com nove anos de idade, uma carreira brilhante, altos e baixos também e, agora, essa conquista inédita. Só tenho que agradecer, pelos feitos que tive, pela minha carreira e a todos que estiveram comigo" Disse Sarah, que está grávida de uma menina que nascerá em 2021. 


Já Leandro anunciou sua aposentadoria pelas redes sociais e homenageou sua mãe, sua grande incentivadora: " Lembro-me quando dei os meus primeiros passos no Caminho Suave. Minha mãe me levava pela mão enquanto eu falava que era muito chato usar faixa branca. Resmungava que era da mesma cor do kimono. Muitas coisas aconteceram desde então. E a minha mãe sempre esteve comigo. Ela nunca esteve in loco nas minhas grandes conquistas, só em pensamento. Mas esteve lá em cada uma das minhas 12 cirurgias. Por essas e outras, no dia de hoje, foi com ela que decidi sair definitivamente dos tatames. De mãos dadas e usando uma faixa que não se confunde mais com a cor do meu kimono."


A CBJ informou que os cinco medalhistas olímpicos homenageados com o 6º dan, em cerimônia realizada em Pindamonhangaba, em São Paulo, fazem parte dos novos critérios de graduação estabelecidos pela entidade. A portaria publicada pela confederação em novembro exige como critérios de escolha que o homenageado seja medalhista em Olimpíadas, tenha participado de pelo menos dois ciclos olímpicos e também tenha se aposentado como atleta da seleção brasileira.


foto: Lara Monsores/CBJ

Nenhum comentário:

Postar um comentário